Olhar Direto

Notícias / Cidades

NOVA REALIDADE

Estudantes apontam medidas de biossegurança como ponto positivo no retorno das aulas

Da Redação - Marcos Salesse

01 Mar 2021 - 17:50

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Estudantes apontam medidas de biossegurança como ponto positivo no retorno das aulas
Apesar das novas medidas restritivas anunciadas em níveis estaduais e municipais, diante da alta no número de casos confirmados da Covid-19 em Cuiabá, estudantes da rede particular iniciaram nesta segunda-feira (1) a retomada das aulas em formato híbrido. Entre máscaras, álcool gel, e aferição de temperatura, as estratégias de biossegurança vêm sendo apontadas pelos alunos como um ponto positivo para o retorno. Entretanto, mesmo com as novas regras criadas pelas instituições, o sentimento de medo da infecção pelo vírus segue presente. 

Leia mais: 
Cuiabano pode ser multado em até R$ 60 mil e ter estabelecimento interditado se descumprir decreto

Para o estudante Gabriel Ponciano, de 19 anos, o primeiro dia de aula se encerrou com uma sensação de segurança. “Me preparei seguindo o documento enviado pela escola. Lá tinha todas as medidas que a gente deveria tomar para esse retorno. Me senti seguro por isso”, disse. 

Aluno do curso pré-vestibular do Colégio Master, Gabriel afirma que dentro do espaço escolar as determinações estão sendo seguidas. “Atualmente eles estão abrindo uma sala maior, para a gente não ficar muito próximo um do outro. Estou achando bem tranquilo, sinto que todos estão seguindo as regras”, finalizou. 

Já para Adriano Santos, de 21 anos, o sentimento de medo e ansiedade também fizeram parte da retomada das aulas. “Senti um pouco de medo e ansiedade nesse primeiro dia. Queria rever meus professores e amigos, mas ao mesmo tempo com muito receio do coronavírus”, comentou o estudante. 

Também estudante do pré-vestibular, Adriano relatou que também recebeu avisos por parte da instituição de ensino sobre como o retorno iria acontecer. “Me preparei psicologicamente e fisicamente, pois havia um certo medo ainda. Recebi inúmeros avisos de como seria as aulas de manhã e como funcionaria na parte da tarde”, concluiu. 

ALTA NOS CASOS

A nível estadual, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde de domingo (28), 250.889 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.806 óbitos. 

Nas últimas 24 horas, 20 pessoas morreram. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 403 internações em UTIs públicas e 374 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 88,96% para UTIs adulto e em 43% para enfermarias adulto.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet