Olhar Direto

Notícias / Política BR

POLÊMICA NACIONAL

Beto classifica como desnecessário veto a Lei Rouanet nos municípios em lockdown

Da Redação - Airton Marques

05 Mar 2021 - 17:23

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Beto classifica como desnecessário veto a Lei Rouanet nos municípios em lockdown
Secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto Dois a Um, classificou como desnecessária a decisão do governo do presidente Jair Bolsonaro de suspender a Lei Rouanet para cidades que adotarem lockdown. O gestor explica que não há como a Pasta saber quantos projetos foram prejudicados em Mato Grosso, já que o programa é federal.

Leia também:
Governo estende horários para supermercados e restaurantes

Conforme portaria da Secretaria Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, “só serão analisadas propostas culturais” cujo local de execução não esteja entre as cidades com medidas de restrição de circulação, como toque de recolher e lockdown. Sendo assim, os 141 municípios de Mato Grosso estariam nessa lista, por conta de decreto estadual.

“Acho uma atitude desnecessária, é um segmento que está passando por muitos problemas, tirar recursos de um segmento não vejo sentido. A gente tem que ter sensibilidade. Não existe nada certo ou errado, nenhum gestor do mundo que possamos usar como case. Sempre algum segmento será afetado. A cultura e o esporte são um dos mais afetados”, disse Beto, ao Olhar Direto.

Ainda de acordo com a portaria, a medida será válida pelos próximos 15 dias, podendo ser prorrogada ou suspensa, levando em consideração a manutenção ou não das medidas restritivas nos municípios. O ato é visto como um ataque de Bolsonaro, que está descontente com as medidas de restrição tomadas para frear o crescimento dos casos de Covid-19.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet