Olhar Direto

Terça-feira, 13 de abril de 2021

Notícias / Cidades

MAIS DE R$ 35 MIL

Trio é preso após manter avós e neta presos em quarto durante roubo de joias e dinheiro

Da Redação - Marcos Salesse

06 Mar 2021 - 10:15

Foto: PM-MT

Trio é preso após manter avós e neta presos em quarto durante roubo de joias e dinheiro
Dois homens foram presos e um adolescente apreendido, na madrugada deste sábado (6), acusados de sequestro, roubo e ameaça, em Torixoréu (560 km de Cuiabá). De acordo com a Polícia Militar, o trio estaria envolvido em um crime registrado na noite desta sexta-feira (5), em que uma família foi rendida e mantida presa dentro de um quarto enquanto os acusados roubavam joias, dinheiro, cheques e celulares. Na residência estava um casal de idosos acompanhados de sua neta de 4 anos. 

Leia mais:
Mulher é presa por vender ingressos para falsa “galinhada” em prol de criança com câncer

A prisão ocorreu após uma equipe da polícia avistar dois suspeitos com as mesmas características descritas pelas vítimas passando em alta velocidade pela MT-100. Ambos os homens estavam em cima de uma moto e no momento que perceberam que estavam sendo perseguidos pela polícia, um dos acusados jogou no meio da avenida uma mochila e um celular. 
Poucos metros após o início da perseguição, os homens foram alcançados e rendidos. Na mochila estava um estojo com várias joias, avaliadas em R$ 35 mil. Além das peças, também foi encontrado uma quantia em dinheiro e folhas de cheque. 

Durante o procedimento, a PM também conseguiu localizar  o adolescente envolvido no crime. No momento em que foi rendido, o jovem estava pilotando uma segunda motocicleta e indo em direção a Pontal do Araguaia (477 km de Cuiabá). Com o menor foi encontrado o celular de uma das vítimas. 

Juntos, o trio confessou o crime e também foi reconhecido pela família rendida. O homem que deu apoio disse que receberia 10% dos produtos roubados. 

Além de todo o material roubado, a equipe da polícia também apreendeu as duas motocicletas utilizadas na prática do crime. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet