Olhar Direto

Sábado, 15 de maio de 2021

Notícias | Cidades

Atuava há 12 anos

Servidor do IBGE de 35 anos morre vítima da Covid-19 em Cuiabá

Foto: Reprodução

Servidor do IBGE de 35 anos morre vítima da Covid-19 em Cuiabá
Morreu no início da tarde desta sexta-feira (09), em Cuiabá, o servidor do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica (IBGE), Everton Luís Carvalho, 35 anos. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Mateus, na Capital e não resistiu às complicações da Covid-19.

Leia mais:
Policiais penais, advogado e membro de família tradicional morrem vítimas da Covid-19

Segundo a informações de familiares, Everton estava internado há nove dias no Hospital São Mateus, onde lutava arduamente contra a Covid-19. Porém, no início da tarde de hoje, não resistiu e foi a óbito.
 
Everton trabalhou durante 12 anos no IBGE. Ele deixa esposa. O sepultamento deve acontecer às 17h de hoje (9), no Cemitério da Piedade. Não haverá velório, por conta dos protocolos do Ministério da Saúde, para óbitos em decorrência de Covid-19.

Dois policiais penais, um advogado e uma assistente social, que também é membro de uma família tradicional da região metropolitana, também morreram nas últimas horas e fazem parte dos 8.403 óbitos causados pela Covid-19 em Mato Grosso.
 
Um estudo norte-americano feito pelo Institute for Health Metrics and Evaluation (IHME) fez uma projeção de que o mês de abril de 2021 será o pior do ano para Mato Grosso em número de mortes por Covid-19. Segundo o levantamento, nosso Estado atingirá 10 mil mortos pela doença neste mês e o pico de mortes diárias também será am abril.
 
De acordo com o estudo, no dia 30 de abril o Estado de Mato Grosso deve ultrapassar as 10 mil mortes totais por Covid-19. As projeções foram feitas para até o dia 1º de julho de 2021, quando Mato Grosso deve atingir mais de 11,2 mil mortes pela doença, no pior cenário.


Atualizada às 16h35.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet