Olhar Direto

Domingo, 09 de maio de 2021

Notícias | Cidades

AVANÇO

Hospital Municipal de Cuiabá realiza primeira cirurgia de retirada de órgãos para transplante

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Hospital Municipal de Cuiabá realiza primeira cirurgia de retirada de órgãos para transplante
O Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) realizou na segunda-feira (9) a primeira cirurgia de retirada de órgãos para transplante. A ação foi feita por uma dupla de enfermeiras da unidade, e contou com a supervisão da equipe de Comissão Intra-Hospitalar de Doação (CIHDOTT) da unidade de saúde. O procedimento contou com a autorização dos familiares da doadora, que faleceu no mesmo dia na unidade, e resultou em uma nova possibilidade de vida para outra pessoa. 

Leia mais: 
Novos pólos de vacinação: saiba onde ir tomar sua dose contra a Covid-19

O procedimento, conhecido na medicina como enucleação de córneas, foi realizado pelas enfermeiras Ariane Barcelon e Jaqueline Tibalde, que atuam como supervisoras da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e pela equipe de captação de olhos. A paciente doadora era do sexo feminino, e veio a óbito no hospital por volta das 17h20. 

Para que todo o procedimento fosse realizado, a família da doadora foi entrevistada e autorizou a retirada das córneas para a doação. Entre a entrevista e a finalização do procedimento foram aproximadamente quatro horas de preparação e ação. 

A coordenadora de Enfermagem do hospital, Rafaela Piccini Behling,  relatou que o procedimento foi realizado de forma tranquila e sem nenhum tipo de problema. Após a retirada, as córneas foram enviadas para a Central de Olhos e posteriormente será usada em um transplante que dará a visão para uma pessoa que não enxerga.

"Poder dar oportunidade para uma pessoa que não enxerga, para ela poder voltar a ver, é extremamente gratificante e uma realização muito grande. A gente trabalha com isso e estar implementando o explante aqui [no HMC] é de uma importância bem grande", afirmou a coordenadora. 

A profissional ainda chamou a atenção para a importância da doação de órgãos. Segundo ela, ser doador é um ato nobre que pode salvar vidas. "Muitas vezes, o transplante de órgãos pode ser a única esperança de vida ou a oportunidade de um recomeço para as pessoas que precisam. É fundamental que a população se conscientize da importância do ato de doar um órgão. Doar órgãos é doar vida", finalizou.


*Com informações da Assessoria da SMS

Comentários no Facebook

Sitevip Internet