Olhar Direto

Terça-feira, 22 de junho de 2021

Notícias | Política MT

alíquota dos servidores

Dilmar diz que Estado precisa de solução para déficit previdenciário e questão dos aposentados é complicada

19 Abr 2021 - 07:10

Da Redação - Isabela Mercuri / Da reportagem local - Max Aguiar

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Dilmar diz que Estado precisa de solução para déficit previdenciário e questão dos aposentados é complicada
Diante de uma discussão que parece não ter fim sobre a alíquota dos servidores aposentados, o deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM), líder do Governo do Estado na Assembleia Legislativa, afirmou que a questão é complicada e, por isso, são necessárias muitas discussões. Segundo o parlamentar, o Estado precisa de solução para o déficit previdenciário.

Leia também:
Com previsão de vacinação, Janaina avalia que governador deve reconhecer escolas como essenciais
 
“É questão de número, temos um déficit previdenciário de R$ 28 bilhões. O Governo também está numa situação delicada, já aprovamos um projeto de lei na Assembleia Legislativa falando da Reforma da Previdência e agora temos que oferecer algo ao governo federal até o mês de agosto para apresentar como vai cumprir com o déficit previdenciário. Então tudo que se for mexer, se der mais ainda o governo não concorda, até porque não temos de onde tirar fonte para mais recursos”, declarou na última quinta-feira (15).
 
Apesar de os servidores estarem ansiosos por uma resposta, até agora as discussões só apontaram soluções para os aposentados que têm doenças raras – que inclusive já foi aprovada pela AL – e para os que têm doenças graves – o projeto deve ir para a AL em breve.
 
Para aqueles que ganham até R$ 6.400 e não têm doenças graves ou raras, ainda não há resposta. “[Para] doenças graves já terminou a redação para encaminhar para a Assembleia Legislativa, buscando entendimento do que permite a lei federal, então deve ser encaminhado esta mensagem para a Assembleia. A mudança de alíquota de aposentados nós vamos, em conversa com governador, com o MT Prev e os parlamentares marcar uma nova reunião na segunda-feira, mais técnica, porque ainda não achamos o denominador da alíquota e nem da forma como ter o desconto para os aposentados”, finalizou o líder.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet