Olhar Direto

Sexta-feira, 07 de maio de 2021

Notícias | Cidades

​REAGIU

Jovem com uniformes, distintivos e armas da PJC morre em confronto com o Gaeco

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Jovem com uniformes, distintivos e armas da PJC morre em confronto com o Gaeco
Um jovem de 19 anos, identificado como Cristoffer Wender de Araujo Freitas, foi morto na no início da noite desta sexta-feira (16) em uma ação do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público, em Rondonópolis (a 217 km de Cuiabá). O suspeito estava em posse de diversos materiais da Polícia Civil, como uniformes, distintivos e armas, e tentou reagir à abordagem.

Leia mais:
Adolescente de 16 anos morre eletrocutado enquanto tentava pegar pipa em VG

De acordo com informações da Polícia Civil, a ocorrência de morte por intervenção de agente do estado foi registrada às 18h40 de ontem (16), em uma quitinete no Bairro Jardim Santa Marta, em Rondonópolis.

Segundo informações, a equipe do Gaeco recebeu denúncia de que o suspeito estava em posse de materiais de uso policial com o nome da Polícia Civil (uniformes, distintivos e armas),  que seriam utilizados para prática de um roubo a uma agência bancária da cidade. 

Para checagem da denúncia, a equipe foi até o endereço indicado, uma quitinete no bairro Vila Operária. Ao entrarem na residência os agentes visualizaram o suspeito, momento em que se identificaram como policiais e pediram para que ele colocasse a mão na cabeça.

Descumprindo a ordem policial, o suspeito que pegou uma arma de fogo que estava próxima e efetuou disparos contra os agentes que revidaram a injusta agressão, sendo o suspeito atingido. Diante dos fatos, os agentes acionaram a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para prestar socorro e acionaram a Polícia Militar para prestar apoio a ocorrência.

No local, foram apreendidas camisetas da Polícia Civil, distintivos, carteira com brasão da Policia, simulacro de arma de fogo tipo pistola e um revólver calibre 38 (arma utilizada contra os agentes do Gaeco). As equipes da Polícia Civil e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estiveram no local para as providências cabíveis.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet