Olhar Direto

Sexta-feira, 07 de maio de 2021

Notícias | Cidades

PANDEMIA AVANÇA

Analista do Senai, professora, empresário e pastor são vítimas da Covid-19 em Mato Grosso

Foto: Montagem / Olhar Direto

Analista do Senai, professora, empresário e pastor são vítimas da Covid-19 em Mato Grosso
A pandemia da Covid-19 segue avançando e fazendo novas vítimas em diversas regiões de Mato Grosso. Neste sábado (17) faleceu em Cuiabá a analista de Educação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Mato Grosso (Senai-MT), Fátima Balconi. Já nesta sexta-feira (16) a professora da rede Estadual, Elenira Aquino Nunes, foi a óbito vítima da doença, em Poconé (105 km de Cuiabá). Em Juína (741 km de Cuiabá), o empresário Givaldo De Souza Perovane e o pastor Antônio Severino De Souza também faleceram em decorrência da doença. 

Leia mais: 
Emanuel faz nova alteração em decreto e libera espaços comuns em condomínios

Nas redes sociais, o Senai-MT publicou nota lamentando o falecimento da analista. Na publicação, a instituição afirmou que Fátima lutou bravamente contra a Covid-19. "Temos muito a agradecer por todo o trabalho prestado como profissional e também como pessoa, com um astral contagiante, coração corajoso, que lutou bravamente contra a Covid", disse. 

Já o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) se pronunciou sobre o falecimento da professora. "A direção do Sintep-MT Subsede Poconé presta condolências e solidariedade à toda família, amigos(as) e colegas", escreveu. 

Ainda de acordo com o sindicato, Elenira atuava no Apoio Administrativo na Escola Estadual Antônio João Ribeiro no município de Poconé.

Luto em Juína 

Ainda nesta sexta-feira (16) o município de Juína também viveu momentos de luto com o falecimento do empresário Givaldo Perovane. Conhecido como proprietário de uma das principais oficinas de motocicletas da cidade, Givaldo ficou por cerca de 14 dias internado. 

Segundo informações do site Juína News, o empresário foi inicialmente hospitalizado em uma unidade particular do município. Com o agravamento do caso, o homem acabou sendo transferido para o Hospital São Benedito, em Cuiabá, mas não resistiu e veio a óbito. 

Ainda de acordo com o site, o pastor da igreja Assembleia de Deus, localizada no bairro São José Operário, Antônio Severino, também faleceu por conta da doença. O pastor estava internado há 15 dias e acabou não resistindo às complicações causadas pela Covid-19. 

Considerado um dos pioneiros do município, Seu Antônio, como era popularmente conhecido, vivia em Juína há 36 anos, era casado e deixa 9 filhos, sendo 6 filhos adotivos, 24 netos e 16 bisnetos.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet