Olhar Direto

Domingo, 09 de maio de 2021

Notícias | Variedades

Para que serve um provedor de VPN?

Foto: Petter Lagson-Unsplash

Para que serve um provedor de VPN?

Quer você trabalhe em um escritório, em casa ou em lugares públicos, uma VPN é uma das melhores maneiras de se proteger na Internet. Mas quão eficazes são as VPNs e qual é a melhor para você? Quais são as desvantagens de usar uma VPN? Estar atento a essa novidade pode garantir que seus dados e informações estejam completamente seguros na internet.

VPN significa Virtual Private Network. O objetivo  de uma VPN é fornecer segurança e privacidade à medida que você se comunica pela Internet, em um momento no qual muitos ataques hackers têm sido diagnosticados, em várias partes do mundo. Uma das boas opções no mercado atual é a Surfshark vpn.

Quando a Internet foi projetada pela primeira vez, a prioridade era poder enviar dados diversos da forma mais confiável possível. A rede em todo o país e no mundo era relativamente nova. A maioria dos principais protocolos da Internet (métodos de comunicação) foi projetada para contornar falhas, em vez de proteger os dados.

Os aplicativos que você está acostumado a usar, seja e-mail, web, mensagens, Facebook, etc., são todos construídos sobre o núcleo do protocolo da Internet (IP). Embora alguns padrões tenham sido desenvolvidos, nem todos os aplicativos da Internet são seguros. Muitos ainda enviam suas informações sem qualquer tipo de segurança ou proteção de privacidade.

Isso deixa qualquer usuário da Internet vulnerável a criminosos que podem roubar suas informações bancárias ou de cartão de crédito, governos que podem querer espionar seus cidadãos e outros usuários da rede mundial de computadores que podem querer espioná-lo por uma série de motivos.

Desse modo, uma rede VPN cria um túnel privado na Internet aberta. A ideia é que tudo o que você envia seja encapsulado neste canal de comunicação privado e criptografado de forma que - mesmo que seus pacotes sejam interceptados - eles não possam ser decifrados. VPNs são ferramentas muito poderosas e importantes para proteger você e seus dados , mas têm limitações

Cada solicitação de Internet geralmente resulta em uma série de eventos de comunicação entre vários pontos. A maneira como uma VPN funciona é criptografando esses pacotes no ponto de origem, muitas vezes ocultando não apenas os dados, mas também as informações sobre o endereço IP de origem. O software VPN em sua extremidade então envia esses pacotes para o servidor VPN em algum ponto de destino, descriptografando essas informações.
 
Uma VPN pode ajudar a garantir que você não seja espionado ao se conectar entre o seu computador e um site. Mas o próprio site é capaz de algumas violações graves de privacidade. Por exemplo, uma VPN não pode protegê-lo contra a configuração de um cookie de rastreamento de um site que contará a outros sites sobre você. Uma VPN não pode protegê-lo contra um site que registra informações sobre produtos nos quais você está interessado. Uma VPN não pode protegê-lo contra um site que vende seu endereço de e-mail para corretores de listas.
 
Um outro dado importante é a transmissão de dados. Alguns serviços VPN limitarão a quantidade total de dados que você pode enviar e receber, seja em uma sessão de conexão ou ao longo de um mês. Outros serviços VPN limitarão a velocidade dos dados, efetivamente compartilhando menos de seu pipe com você do que o ideal. Isso pode desacelerar a sua experiência de navegação ou impedi-lo completamente de assistir a um streaming de vídeo.
 
Aliás, os streamings são parte importante em ter uma VPN. Já imaginou poder acessar o conteúdo de filmes da Netflix que está disponível nos Estados Unidos ou no Reino Unido, por exemplo? Atualmente, eles não estão liberados no Brasil, mas com uma VPN isso é possível, já que sua localização geográfica pode ser alterada.  Desta maneira, ter uma VPN significa alcançar uma série de benefícios. Fique atento aos preços e condições de serviço e boa navegabilidade!
Sitevip Internet