Olhar Direto

Quarta-feira, 12 de maio de 2021

Notícias | Cidades

TOLERÂNCIA ZERO

Semob inicia fiscalização com multa em estacionamentos da Praça Popular, Shopping Estação e Big Lar

Foto: Rogério Florentino - Olhar Direto

Semob inicia fiscalização com multa em estacionamentos da Praça Popular, Shopping Estação e Big Lar
Fiscalização realizada por agentes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) na noite desta segunda-feira (3) denominada ‘Tolerância Zero’ fez vistoria contra motoristas e motociclistas que estacionam em vagas reservadas para idosos e pessoas com deficiências.

Leia também: 

Deputados protocolam recurso contra reajuste de energia elétrica autorizado pela Aneel
 
Carta orientativa foi distribuida para motoristas que cometeram erro de ocupar vagas prioritárias em estacionamentos. A ação visitou o Shopping Estação, Praça Popular e os dois endereços do supermercado Big Lar em Cuiabá.
 
Após receberem a carta orientativa, serão multados os reicindentes que insistem em estacionar em locais reservados àqueles que necessitam. Calçadas, entradas e saídas de veículos também foram fiscalizados.
 
Importante ressaltar que estacionar em vagas prioritárias sem credencial pode resultar em remoção do veículo, 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e R$ 293, 47 em multa.
 
A ação, encabeçada pela Semob, faz parte do calendário do Movimento Maio Amarelo, que chama atenção dos envolvidos no trânsito para o alto índice de acidentes no trânsito todo ano em todo mundo.
 
Conforme o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, a atitude de alguns motoristas/motociclistas se trata de 'falta de educação' no trânsito. 

"Essa operação será rotineira. Mas isso é falta de bom senso ou falta de educação. Todos os dias há motoristas ou motociclistas usando vagas prioritárias. Recebemos muitas queixas dos cidadãos com deficiência ou idosos que se veem impedidos de utilizarem essas vagas porque estão sendo ocupadas por aqueles que não necessitam delas. Por enquanto, não estamos aplicando multas, mas em breve estaremos aplicando autuações a esses motoristas", explicou.
 
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet