Olhar Direto

Sábado, 19 de junho de 2021

Notícias | Cidades

Solidariedade

No dia mais frio do ano, campanha 'Aquece Cuiabá' entrega cobertores à população em situação de rua

Foto: Gustavo Duarte

No dia mais frio do ano, campanha 'Aquece Cuiabá' entrega cobertores à população em situação de rua
Nesta quinta-feira (6), quando a capital mato-grossense registrou a temperatura mais baixa do ano, 16,8ºC, a equipe de abordagem da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência da Prefeitura de Cuiabá percorreu os principais pontos de concentração da população em situação de rua, entregando refeições e cobertores. As ações sociais realizadas na Capital são direcionadas pela primeira-dama Márcia Pinheiro, que, assim como a gestão Emanuel Pinheiro, segundo o executivo municipal, tem um carinho e dedicação com a população em situação de vulnerabilidade social.

Leia também:
Cuiabá bate recorde e registra o dia mais frio do ano nesta quinta-feira; saiba quanto

De acordo com a primeira-dama, uma grande preocupação da gestão é com a população em situação de rua e, sobretudo, das famílias que estão em situação de vulnerabilidade pela perda do emprego por causa da pandemia. "A gestão se preocupa com essa população vulnerável. Quem está na rua sofre com o frio, sem contar a facilidade de adoecer ainda mais neste período do aumento dos casos de Covid-19", afirma.

Campanha Aquece Cuiabá

A Campanha Aquece Cuiabá, lançada no ano de 2017, realiza a distribuição de cobertores  sempre nessa época do ano. Nas últimas semanas houve a entrega da primeira remessa dos cobertores.

"Esse clima não faz parte da rotina dos cuiabanos, principalmente dessas pessoas que ficam nas ruas expostas, sem proteção. Por isso incluímos na rota de hoje, os cobertores, para oferecer o acolhimento necessário", disse a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira.

A coordenadora de Atenção Especial, Maggie Carolina informa que o ponto escolhido para entrega dos 50 cobertores foi a Praça do Porto, local onde ficam a maioria desses moradores. "De agora pra frente, além das refeições que estão sendo distribuídas desde o início da pandemia do coronavírus para àqueles que não aceitam abrigo em uma das nossas unidades de acolhimento, faremos a entrega dos cobertores sempre que o clima mudar. Essa é uma das solicitações da primeira-dama, oferecer melhores condições de vida à essas pessoas", destacou. Por dia são entregues 350 kits.

Rede de Atendimento

A equipe de abordagem social dos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) faz também o trabalho de busca ativa, identificação, proximidade e acolhimento dessas pessoas. Essa distribuição de cobertores à população de rua é feita em todas as frentes frias, devido às suas condições de vida que inviabilizam o armazenamento e o zelo do cobertor, tornando-o praticamente descartável.

"Dentre as atribuições, estão a informação do canal de denúncia, na qual a população de rua pode estar em contato com a prefeitura nos casos de atendimento especializado; os encaminhamentos aos albergues municipais onde são oferecidos a acolhida com a oferta de local de repouso, alimentação o acesso a documentos pessoais, além de solicitar gratuitamente o retorno à sua cidade de origem, caso não seja de Cuiabá" explica a coordenadora.

Sobre a Rede de Atendimento

Atualmente, a rede de Assistência conta com três unidades dos albergues municipais, sendo o Manoel Miráglia, da Guia e do Porto. Além desses, está em funcionamento o programa Hotel Albergue, por meio de uma parceria realizada com uma Rede de Hotéis, sendo mais um ponto de apoio para abrigar essas pessoas.

A distribuição das vagas é feita de acordo com o perfil de cada atendido. Os albergues municipais são para pessoas em trânsito ou que vieram para Cuiabá e não conseguem voltar de imediato. Já o Hotel Albergue é para aquelas que já estão há algum tempo em lugares de grande concentração desse público, como o Morro da Luz, Praça do Porto, Rodoviária e Beco do Candeeiro.

"Esse trabalho de sensibilização é permanente. É meta do nosso prefeito Emanuel Pinheiro e da nossa primeira-dama Márcia Pinheiro oferecer acolhimento para o maior número possível de pessoas em risco de vulnerabilidade social. Sabemos que muitos ainda são resistentes, mas com esse trabalho contínuo, aos poucos, vamos alcançando os resultados esperados", finalizou Hellen Ferreira.

Sobre a Aquece Cuiabá

A forma de doação segue como as edições anteriores sendo possível ser feita online, via o site da campanha (CLIQUE AQUI), ao preço de R$ 12,99 por cobertor já com frete e impostos inclusos. A opção via internet foi promovida, ainda em 2017, em razão do comércio local não oferecer estoque suficiente para atender a demanda, além de oferecer alternativa de menor custo aos doadores.

No total, as doações também poderão ser feitas em três pontos da cidade. No Supermercado BigLar (Miguel Sutil) e Jardim das Américas e um ponto de coleta no Palácio Alencastro.

Para mais informações acesse: www.aquececuiaba.com.br

Comentários no Facebook

Sitevip Internet