Olhar Direto

Domingo, 13 de junho de 2021

Notícias | Política MT

afastado em operação

Prefeito revela que Antenor já seria tirado da Semob e reforça confiança em ex-secretário

07 Mai 2021 - 17:17

Da Redação - Airton Marques / Do Local - Max Aguiar

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Prefeito revela que Antenor já seria tirado da Semob e reforça confiança em ex-secretário
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) lamentou a decisão judicial que determinou o afastamento do secretário Antenor Figueiredo da Mobilidade Urbana (Semob). Afirmou, no entanto, que a saída do gestor já estava prevista e que ele seria substituído por Juares Samaniego, que estava no comando do Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Sustentável. A mudança acabou sendo antecipada, por conta da Operação Sinal Vermelho, deflagrada na quarta (05).

Leia também:
Prefeitura lança projeto de retomada econômica para levar o Sine mais perto da população e anuncia ações

Emanuel revelou que já tinha conversado com os secretários, já que tem, aos poucos, realizado algumas trocas na sua equipe. “Tanto o Juarez sabia que iria para a Semob, quanto o Antenor tinha conhecimento que deveria ser aproveitado em outra Pasta ou ficar numa ação de mais articulação política, para dar a reoxigenação necessária na gestão”.

Tanto o Juarez sabia que iria para a Semob, quanto o Antenor tinha conhecimento que deveria ser aproveitado em outra Pasta
O prefeito conta que a troca deveria ocorrer apenas na segunda quinzena de junho, após a Semob entregar 100 novos ônibus, equipados com ar condicionado. “Ele até iria comigo a Curitiba verificar a carcaça dos veículos. Fui bem coração com ele. Está previsto de entregar dia 14 e ele sairia dia 15 ou 16”.

O emedebista também destaca que Juares tem perfil técnico e que foi remanejado para a Semob de forma estratégica. “Quero ele a frente da mobilidade urbana usando toda sua experiência técnica na luta pelo VLT. Era previsto, mas infelizmente aconteceu isso”.

Ao lamentar a decisão que afastou Antenor por 180 dias, o prefeito reforça sua confiança no ex-secretário (exonerado após a deflagração da operação). “É um servidor público da minha total confiança, quase 40 anos de serviço público e nenhum PAD ou mácula. Como prefeito e amigo só posso lamentar, mas preciso registrar que a prefeitura sempre terá uma postura colaborativa em toda e qualquer ação”.

Operação

Antenor foi afastado do cargo por determinação da Justiça. A ação faz parte da operação 'Sinal Vermelho', deflagrada na manhã desta quarta-feira (05), pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR), após a conclusão dos trabalhos investigativos envolvendo a rede de semáforos adquiridos pela Prefeitura da Capital.  O dano ao erário seria de aproximadamente meio milhão de reais.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet