Olhar Direto

Segunda-feira, 21 de junho de 2021

Notícias | Cidades

COMPLICAÇÕES

CRO rebate médica que criticou autorização de dentistas para realização de harmonização orofacial

Foto: Reprodução

CRO rebate médica que criticou autorização de dentistas para realização de harmonização orofacial
O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) repudiou o posicionamento da medica Talita Pompermaier, em postagens no Instagram, nas quais criticou a resolução do Conselho Federal de Odontologia (CFO) que reconheceu a harmonização orofacial como especialidade odontológica. A médica fez uma relação entre esta autorização e casos em que os pacientes sofreram danos irreversíveis.

Leia mais:
MT registra morte de jovem de 25 anos e mais 67 pessoas por Covid-19 em 24h

Nas postagens a médica diz que casos de pacientes que sofreram danos após o procedimento estão se tornando mais comuns em Sorriso (MT). Ela narrou que pacientes procuram profissionais que se dizem "especialistas em harmonização facial ou orofacial", mas acabam sofrendo danos irreversíveis ou pouco reversíveis.

"Infelizmente em 2019, uma resolução do CFO, reconheceu a harmonização orofacial como especialidade odontológica, um evidente equívoco, visto o total despreparo desses profissionais [...] Dependendo do caso, os danos vão desde uma deformação, necrose, cegueira e até a morte", disse ela em uma postagem na qual compartilhou a foto de uma cliente que teve complicações.

Ela também citou uma reportagem do Fantástico, que falou sobre vítimas de profissionais "não-médicos" que se submeteram a estes tratamentos e sofreram sequelas. A médica disse que isto também tem acontecido em Mato Grosso e recomentou que os pacientes não caiam em "contos de fadas" e procurem um profissional que é "realmente capacitado".

O CRO-MT então emitiu uma nota de repúdio ao posicionamento da médica. Segundo o Conselho a fala de Talita mostra desconhecimento e ofende a Odontologia como um todo. O CRO reforçou que cirurgiões-dentistas, assim como médicos, também podem realizar procedimentos de harmonização orofacial, desde que atendam à resolução do CFO.

Leia a nota na íntegra:

Nota de repúdio - médica Talita Pompermaier

O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) vem a público afirmar que repudia o posicionamento da médica Talita Pompermaier em suas redes sociais a respeito de procedimentos de harmonização orofacial realizados por profissionais da Odontologia.

A profissional reside no município de Sorriso e afirmou em sua conta do Instagram que “infelizmente em 2019, uma resolução do CFO (Conselho Federal de Odontologia) reconheceu a harmonização orofacial como especialidade odontológica, um evidente equívoco, visto o total despreparo desses profissionais”, diz trecho.

O CRO-MT repudia as falas da médica exatamente porque mostra desconhecimento e ofende a Odontologia como um todo. Assim como médicos, cirurgiões-dentistas podem realizar procedimentos de harmonização orofacial, desde que atendam à resolução do CFO.

O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso, em nome de todos os profissionais da área no Estado e de todo país, solicita que a médica Talita Pompermaier se retrate de suas declarações. 


 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet