Olhar Direto

Sábado, 12 de junho de 2021

Notícias | Cidades

Para este sábado

Após agressão a servidores na UFMT, prefeitura muda estratégia para segunda dose em Cuiabá; entenda e veja locais

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Após agressão a servidores na UFMT, prefeitura muda estratégia para segunda dose em Cuiabá; entenda e veja locais
Diante da situação ocorrida nesta sexta-feira (14), com a agressão a servidores no polo de vacinação da UFMT, a Secretaria Municipal de Saúde divulgou a estratégia de imunização de segunda dose da Coronavac neste sábado (15). 

Leia mais:
Prefeitura diz que servidores foram agredidos em polo de vacinação da UFMT e suspende atendimentos

Os que estão com a segunda dose marcada no cartão de imunização para os dias 10, 11, 12, 13, 14 e 15 de maio devem comparecer aos polos de vacinação do Sesi Papa, da UFMT ou da Assembleia Legislativa (para quem não tem carro) neste sábado (15), obrigatoriamente com o cartão em mãos e documento com foto. 

Já quem comparecer sem o cartão de vacinação com a alegação de que o perdeu, precisará levar um Boletim de Ocorrência da perda do cartão. Pessoas de outras cidades não poderão ser vacinadas em Cuiabá, uma vez que as doses de Coronavac da capital são destinadas às pessoas que receberam a primeira no município. 

Confusão

A Prefeitura de Cuiabá informou que servidores que atuam no polo de vacinação contra Covid-19 instalado na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) foram agredidos na tarde desta sexta-feira (14). 

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) disse que suspendeu temporariamente os atendimentos por conta do episódio. Entretanto, idosos relataram que houve uma confusão, pois, muitas pessoas se deslocaram para tomar a segunda dose e foram informadas que as vacinas teriam acabado.Uma idosa disse que mais de 200 carros aguardavam na fila para imunização no sistema drive-thru.

A suposta agressão teria ocorrido no momento em que uma profissional da saúde tentava orientar o público.  A enfermeira teria sido ‘perseguida’ por um grupo de pessoas e chegou a se trancar em um banheiro para se proteger. Diante disso, a Polícia Militar teria sido acionada.  

A Prefeitura de Cuiabá justificou a falta de doses e disse ter identificado mais de 2,5 mil pessoas de outras cidades que teriam tomado segunda dose da Coronavac em Cuiabá, devido a uma falha no sistema que permitiu o agendamento.

CONFIRA COMO SERÁ A VACINAÇÃO NESTE SÁBADO (15):

CENTRO DE EVENTOS DO PANTANAL 

•           1ª dose de pessoas com comorbidades 

 

SESC BALNEÁRIO 

•           1ª dose de pessoas com comorbidades 

•           1ª dose de Trabalhadores da Saúde 

•           1ª dose de Forças de Segurança 

•           1ª dose de idosos de 60 anos acima

 

SESI PAPA – Drive-Thru 

•           2ª dose Coronavac

 

UFMT – Drive-Thru 

•           2ª dose Coronavac

 

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA 

•           1ª dose comorbidades 

•           1ª dose de Trabalhadores da Saúde 

•           1ª dose de idosos de 60 anos acima

•           2ª dose Coronavac

 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet