Olhar Direto

Segunda-feira, 26 de julho de 2021

Notícias | Cidades

​APÓS APURAÇÃO

Pantanal Shopping afasta cinco seguranças acusados de agressão e racismo contra servidor federal

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Pantanal Shopping afasta cinco seguranças acusados de agressão e racismo contra servidor federal
O Pantanal Shopping decidiu afastar os cinco seguranças envolvidos no caso do servidor federal Paulo Henrique Arifa dos Santos, 38 anos, que alega ter sido vítima de agressão e racismo após fazer uma compra na loja Studio Z. O homem pontuou que foi segurado e empurrado por um segurança, o que causou uma lesão em seu tornozelo, o afastando do trabalho.
 
Leia mais:
Servidor federal denuncia agressão e racismo após ser acusado de furto em loja de shopping; vídeo
 
O caso ocorreu no último dia 09 de junho. Paulo Henrique gravou o momento em que foi abordado por uma funcionária da loja e por cinco seguranças. Um deles tentou tomar o aparelho da mão do servidor. Um deles fala “você não pode gravar isso”. A abordagem ocorreu em um dos corredores do shopping.
 
Ao Olhar Direto a assessoria do Pantanal Shopping confirmou que os cinco seguranças foram afastados. Por meio de nota o estabelecimento afirmou que após apuração dos fatos também notificou a loja. O Pantanal Shopping ainda disse que irá reforçar o treinamento com a equipe para garantir que casos como este não se repitam.
 
Leia a nota na íntegra:
 
Nota à imprensa
 
O Pantanal Shopping esclarece que não tolera nenhuma forma de discriminação ou violência e que o tratamento narrado não faz parte das diretrizes da empresa, que baseia a abordagem com o público de forma geral em valores como ética e respeito. O empreendimento informa ainda que, após apuração dos fatos, notificou a loja e afastou os seguranças envolvidos do atendimento ao público. O shopping ressalta que irá reforçar o treinamento com a equipe para garantir que casos como este não voltem a se repetir.


 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet