Olhar Direto

Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Notícias | Política BR

NA TERÇA-FEIRA

Bancada de Mato Grosso se reúne com Bolsonaro para tratar de investimentos e ferrovia estadual

23 Jul 2021 - 07:05

Da Redação - Airton Marques / Do Local - Max Aguiar

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Bancada de Mato Grosso se reúne com Bolsonaro para tratar de investimentos e ferrovia estadual
Com agenda marcada para a próxima terça-feira (27), em Brasília (DF), a bancada federal de Mato Grosso deve tratar diretamente com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a implantação da ferrovia estadual que ligará Cuiabá a Rondonópolis, bem como Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde.

Leia também:
Ministro afirma que ferrovia estadual é bem-vinda: ‘não vejo desconexão com política nacional ferroviária’

O edital foi lançado pelo governador Mauro Mendes (DEM) nesta segunda-feira (19), tendo como base a Lei 685/2021, aprovada no início do ano pela Assembleia Legislativa (ALMT), na qual permitiu que o estado adotasse modalidade de outorga para conceder à iniciativa privada trechos dentro do seu limite geográfico, tanto para transporte de carga quanto de passageiros.

A ferrovia estadual irá se conectar com a malha ferroviária nacional, que liga Rondonópolis até o Porto de Santos (SP). A expansão dos trilhos é um sonho antigo, mas que até então não seguiu adiante, por conta de entraves alegados pelo Ministério da Infraestrutura, responsável por analisar o pedido feito pela Rumo Logística, que explora o trecho desde abril de 2015.

De acordo com o deputado federal Emauelzinho (PTB), o debate precisa ser feito de forma técnica. “Uma das pautas que temos a discutir com o presidente, mas em conjunto com técnicos, já que a bancada federal não entende as especificidades do transporte ferroviário. A gente precisa garantir o que é estritamente técnico e bom para Mato Grosso, seja (a ferrovia) estadual ou federal”.

Na pauta, os parlamentares também devem tratar de investimentos para Mato Grosso, já que a maior parte da bancada tem reclamado da falta de obras e ações do governo federal no estado.

“A prioridade é discutir os investimentos para a Baixada Cuiabana e os próximos passado para a implantação da ferrovia. Sabemos que é um sonho antigo integrar Mato Grosso a outros estados, na rota de escoamento da produção, fazendo que a gente tenha um boom de desenvolvimento”, disse Emanuelzinho.

“Houve pouco investimento até o momento. O mandato é de quatro anos, estamos nos encaminhando para o fim do terceiro ano e o governo precisa mostrar os investimentos que tem em Mato Grosso, estado que durante a pandemia sustentou o PIB, por meio do agronegócio. É algo que a bancada está cobrando em todos os ministérios”, completou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet