Olhar Direto

Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Notícias | Variedades

Pai de jogador da Inglaterra foi agredido na final da Eurocopa

Confusão ocorreu após torcedores sem ingresso tentarem invadir o estádio de Wembley, em Londres, na partida contra a Itália
 
 
A final da Eurocopa entre Inglaterra e Itália foi um sucesso em muitos sentidos. A começar pela presença do público, que tem voltado aos estádios com o arrefecimento da pandemia causada pelo novo coronavírus. No gramado, Inglaterra e Itália fizeram um grande jogo, decidido apenas nas penalidades, com vitória para a seleção italiana. De quebra, as apostas esportivas em sites como apostasesportivas24.net também movimentaram o setor de negócios.
 
Ainda assim, uma nota triste aconteceu na partida. O pai do zagueiro inglês Harry Maguire, Alan Maguire, foi pisoteado por torcedores que tentaram invadir o estádio de Wembley, em Londres. Os adeptos estavam sem ingresso, mas não queriam perder a chance de acompanhar a possibilidade de um título inédito na história do English Team. No fim, a confusão foi grande.
 
Harry Maguire está atualmente no Manchester United. Após o ocorrido, ele falou ao jornal The Sun sobre o caso. "Ele está abalado, mas teve a sorte de ter meu sobrinho ou um dos meus filhos em seus ombros em todos os jogos que foi. Portanto, estou grato por isso não ter acontecido em um desses momentos, pois poderia ter sido muito sério."
 
O pai do jogador dos Red Devils foi esmagado enquanto tentava escapar da confusão. Cenas caóticas e vergonhosas rodaram o mundo com a tentativa de invasão no estádio londrino. De acordo com a polícia, a tentativa se deu por uma entrada que estava desativada, mas que ainda assim dava acesso ao campo de jogo.
 
Segundo o The Sun, Alan Maguire estava acompanhado do empresário de seu filho, Kenneth Shepherd, quando acabou sendo engolido por uma multidão. Ele e o agente estavam se dirigindo para uma área do estádio que é restrita para familiares e pessoas próximas dos jogadores envolvidos na partida. Apesar do ferimento, ele não quis ir ao hospital para não perder o duelo.
 
"Meu pai é um grande fã - ele se saiu bem. Ele estava lutando para respirar por causa das costelas, mas ele não é do tipo que faz muito barulho", disse Maguire.
 
O atleta também fez um apelo aos torcedores e organizadores dos próximos eventos, como forma de tentar coibir os excessos. Uma tragédia poderia ter acontecido, segundo o jogador.
 
“Espero que possamos aprender com isso e garantir que isso não aconteça novamente. Meu pai sempre vai me apoiar e ir aos jogos, mas ele estará um pouco mais ciente de tudo que está acontecendo ao redor. Todos devemos estar mais atentos e aprender com isso", afirmou o atleta.
 
"As coisas poderiam ter sido muito piores, mas temos de garantir que não volte a acontecer", completou Maguire. A Uefa abriu uma investigação disciplinar sobre os incidentes na final do Euro 2020. Maguire espera que o que aconteceu não afete as chances da Inglaterra de sediar uma futura Copa do Mundo.
 
“Wembley é um lugar incrível. Tem sido uma casa incrível e os fãs e a forma como têm atuado têm sido incríveis, exceto alguns poucos em uma final. Precisamos aprender e aprenderemos - e seria um lugar incrível para sediar a Copa do Mundo", disse o atleta do Manchester Unite.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet