Olhar Direto

Quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Notícias | Política MT

LDO

Após emendas para aumentos de salário, governador diz que não admite que um Poder tenha reajuste maior que outro

31 Ago 2021 - 14:18

Da Redação - Isabela Mercuri / Do local - Max Aguiar

Foto: Tchélo Figueiredo - SECOM/MT

Após emendas para aumentos de salário, governador diz que não admite que um Poder tenha reajuste maior que outro
Depois de alguns deputados, como João Batista (PROS) e Elizeu Nascimento (PSL) apresentarem emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para aumento de salário de algumas categorias, o governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que não vai admitir que um Poder tenha reajuste maior que outra. Mauro também explicou que somente o Executivo pode determinar majorações.

Leia também:
Mauro diz que PMs e funcionários públicos que participarem de protestos em horário de trabalho serão penalizados

“Nós já estabelecemos na LDO uma previsão orçamentária para o RGA. Já conversamos com todos os chefes dos Poderes e o Supremo já decidiu que a única pessoa que pode encaminhar leis para reposição inflacionária é o governador do Estado ou prefeito municipal, ou seja, o chefe do executivo”, explicou o governador na última segunda-feira (30).

A LDO deve ser votada nesta terça-feira (31) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) junto às emendas parlamentares. Algumas, como essas dos aumentos, no entanto, não obtiveram parecer favorável da Comissão da Constituição, Justiça e Redação (CCJR) a pedido do líder do Governo na Casa de Leis, deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM).

“Nós haveremos de sentar em algum momento, dialogar sobre isso e encaminhar uma lei, se possível, e é o que vai acontecer. Não vou admitir que um Poder tenha mais aumento do que outro, nem o executivo vai ter mais do que alguém ou alguém mais do que o executivo, vamos equilibrar essa conta e fazer com que isso seja justo para todos os servidores públicos de Mato Grosso”, argumentou Mauro.

João Batista (Pros) apresentou emenda para equiparação salarial dos policiais penais e o deputado Elizeu Nascimento (PSL) tentou aprovar texto similar, que beneficia os policiais militares e bombeiros.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet