Olhar Direto

Segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Notícias | Política MT

de olho em 2022

Na tentativa de unificar grupo de oposição a Mauro, Emanuel reúne prefeitos e vices do MDB

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Na tentativa de unificar grupo de oposição a Mauro, Emanuel reúne prefeitos e vices do MDB
Insistente na formação de um grupo de oposição ao governador Mauro Mendes (DEM), o prefeito Emanuel Pinheiro organiza uma reunião com os demais 22 prefeitos e 12 vice-prefeitos eleitos pelo MDB em 2020. O encontro, que contará com o presidente regional da sigla, deputado federal Carlos Bezerra, deve ocorrer na próxima segunda-feira (13), na Capital.

Leia também:
Emanuel diz que Bolsonaro é ‘temperamental’, mas não antidemocrata e afirma que MDB tem papel de ‘bombeiro’

De acordo com Emanuel, a intenção é unificar as ações políticas entre os gestores emedbistas, já que, segundo ele, os prefeitos e vices estão sendo pautados por lideranças que não representam a base do partido.

“É a força municipalista do partido para uma discussão em Cuiabá sobre o momento político nacional e local. Quero ser ouvido e ouvi-los. Explicar os motivos para o meu posicionamento político contrário ao atual modelo de gestão. Quero ouvir aqueles que pensam diferente e acham que devemos apoiar. Tentar construir uma unidade para uma próxima reunião com os presidentes municipais, vereadores e deputados estaduais”, afirmou, em conversa com a imprensa nesta segunda-feira (08).

Sobre disputar o Palácio Paiaguás por esse grupo, Emanuel ironizou dizendo que essa seria "a saída", mas ressaltou que uma eventual candidatura depende dessas articulações que estão sendo feitas com lideranças de outros partidos, com o ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB). Os dois já se reuniram e devem realizar um novo encontro nas próximas semanas, após a visita dos tucanos Eduardo Leite (governador do Rio Grande do Sul) e João Dória (governador de São Paulo), que disputam as prévias da sigla para candidatura à Presidência da República.

Além de Leitão e do próprio Emanuel, a dupla tem convidado alguns políticos, como os prefeitos de Rondonópolis e Sorisso, Zé Carlos do Pátio (Solidariedade) e Ari Lafin, respectivamente; e os ex-prefeitos Francis Maris (PSDB), Rosana Martinelli e Dilceu Rossato (Republicanos).

“Hoje existe um grupo muito forte que não concorda com os rumos tomados pelo governo do estado. Então, é preciso unificar, pois está muito disperso. O importante PE construir um projeto que não seja só de taxação e perseguição de servidores e setor produtivo”, pontuou o prefeito.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet