Olhar Direto

Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Notícias | Cidades

não resistiu

Diretor de UPA, médico morre 48 dias depois de queda de aeronave por problema em tanque de combustível

Foto: Reprodução

Diretor de UPA, médico morre 48 dias depois de queda de aeronave por problema em tanque de combustível
Faleceu neste sábado (25), o médico George da Costa Melo, de 39 anos, depois de 48 dias internado em decorrência da queda de uma aeronave em Poconé (104 km de Cuiabá). O profissional também era diretor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Ipase, em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá.

Leia também:
Médico que sobreviveu a queda de aeronave por falta de combustível segue internado na UTI

George sofreu uma grande laceração na região do abdômen e passou por cirurgia após ser trazido de helicóptero para a Capital. Ele havia sido transferido do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) para o São Mateus, localizado no bairro Bosque da Saúde.

O outro médico que estava com ele, Rafael Corrêa da Costa, teve ferimentos leves no acidente. Márcio Frederico Arruda Monteiro, 35 anos e o piloto, Gustavo Coelho Ribeiro, não se feriram com gravidade também.

O piloto contou que, durante o voo, percebeu que um problema no tanque de combustível e decidiu desviar para a cidade de Poconé. Porém, não houve tempo necessário para chegar até a pista.

Segundo a Polícia Civil, até o momento não há indícios de crime. Porém, ainda é necessário aguardar o relatório do Cenipa sobre a queda da aeronave.
 
Médico que sobreviveu a queda de aeronave por falta de combustível segue internado na UTI

Corrigida às 09h45 do dia 27 de setembro de 2021
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet