Olhar Direto

Quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Notícias | Política MT

DEM + PSL

União Brasil já tem como prioridade nacional a reeleição de Mauro, afirma Fabio Garcia

06 Out 2021 - 15:09

Da Redação - Airton Marques e Max Aguiar

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

União Brasil já tem como prioridade nacional a reeleição de Mauro, afirma Fabio Garcia
Presidente regional do DEM, o ex-deputado federal Fabio Garcia afirmou que o União Brasil, sigla que será formada a partir da fusão com o PSL, já tem como projeto nacional a reeleição do governador Mauro Mendes. Na manhã desta quarta-feira (06), as executivas nacionais das legendas realizaram convenções e aprovaram a criação do novo partido, que nasce com a maior bancada no Congresso Nacional.

Leia também:
Com presença de Mauro, Jayme e Botelho, DEM aprova fusão e criação do União Brasil

O projeto para 2022, que ainda não foi confirmado pelo chefe do Palácio Paiaguás, já era uma prioridade definida pelos democratas. Neste ano, após a filiação do ex-senador Cidinho Santos e antes das articulações pela fusão, o PSL passou a integrar a base de apoio de Mauro, indicando a possibilidade de que o partido estivesse no palanque do governador. Há, no entanto, resistência de alguns filiados, como do deputado estadual Ulysses Moraes.

Esperando agora a autorização do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o que deve demorar ao menos três meses, Fabio ressaltou que o novo partido já começa a pensar nas eleições do próximo ano. “A gente tem um grande desafio para fazer chapas proporcionais, mas temos também já definido aqui nacionalmente, que em Mato Grosso o principal projeto é a reeleição do governador Mauro Mendes. Então, ele já nasce com esse projeto muito claro. Nós vamos trabalhar pra que possamos organizar esse projeto junto com ele, organizando também toda a chapa de proporcional”, disse em entrevista à TV Cidade Verde.

De acordo com Fabio, a fusão entre DEM e PSL é um movimento importante que mexe com a política do Brasil e de Mato Grosso. “São dois partidos grandes que se juntam representando um pensamento mais a direita. Vai mexer bastante com a política local, acredito que o novo partido continuará sendo muito expressivo em Mato Grosso. Agora, nós vamos sentar os membros do DEM e do PSL, para organizar esse novo partido, mas obviamente nosso objetivo é que essa nova sigla continue sendo muito representativa e represente essa força da direita”.

Segundo o presidente nacional do DEM, ACM Neto, após a aprovação da fusão, os membros do novo partido ainda irão discutir como fica a questão dos comandos regionais e municipais. Em Mato Grosso, Mauro e Jayme já demonstraram o entendimento de que o União Brasil seja comandado pela cúpula democrata, já que comanda o Palácio Paiaguás.

“Mesmo com as prováveis baixas nos dois partidos, o União Brasil deve contar com a maior bancada na Câmara dos Deputados. O DEM tem hoje 28 deputados e PSL 53, contando com o mato-grossense Nelson Barbudo. Contando com Jayme, o DEM tem seis senadores; o PSL apenas uma.

Já em Mato Grosso, o DEM tem dois deputados estaduais (Dilmar Dal Bosco e Eduardo Botelho), e o PSL tem quatro (Delegado Claudinei, Gilberto Cattani, Elizeu Nascimento, Ulysses Moraes).
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet