Olhar Direto

Domingo, 23 de janeiro de 2022

Notícias | Política MT

Nova variante assusta

Emanuel Pinheiro adia entrevista e deve anunciar novas medidas contra Covid-19 em Cuiabá na quarta

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Emanuel Pinheiro adia entrevista e deve anunciar novas medidas contra Covid-19 em Cuiabá na quarta
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) adiou, mais uma vez, a entrevista coletiva do seu retorno ao cargo, após ter sido afastado pela Justiça. O motivo, desta vez, é a elaboração de normativas referentes à prevenção contra a Covid-19. Isso porque a nova variante (Omicron) tem assustado o mundo e causado preocupação nos especialistas.

Leia mais:
Após retorno à Prefeitura, Emanuel se reúne com governador em exercício na Seduc

A primeira coletiva de Emanuel, para falar do seu retorno, estava prevista ainda para sexta-feira (26) . Porém, acabou adiada para ontem (30) e, posteriormente, para quarta-feira (1º). 

O motivo é a elaboração de normativas referentes a medidas de prevenção a Covid19 que serão anunciadas durante a coletiva à imprensa, que acontecerá no auditório da Secretaria de Educação de Cuiabá.

A ômicron (B.1.1.529) já foi detectada em ao menos 14 países e territórios até o momento, e várias nações já restringiram voos devido à nova cepa.

A variante preocupa pois tem 50 mutações — algo nunca visto antes —, sendo mais de 30 na proteína "spike" (a "chave" que o vírus usa para entrar nas células e que é o alvo da maioria das vacinas contra a Covid-19).

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a ômicron como uma "variante de preocupação", colocando a cepa no mesmo grupo de versões do coronavírus que já causaram impacto na pandemia: a alfa, a beta, a gama e a delta.

Mas ainda não se sabe se ela é mais transmissível ou mais letal, e a própria OMS diz que precisará de semanas para compreender melhor o comportamento da variante.

Retorno

Na última sexta-feira (26), o desembargador Luiz Ferreira da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), acatou recurso para revogar o afastamento do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). A retratação de Luiz Ferreira foi estabelecida após o ministro Humberto Martins, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), revogar um segundo afastamento de Emanuel. 

A decisão de retratação substituiu a medida cautelar de afastamento por proibição de contato com outras pessoas processadas, com exceção da primeira-dama, Márcia Pinheiro. Emanuel também foi advertido para não realizar novas contratações temporárias, sob pena de restabelecimento do afastamento do cargo ou até mesmo de prisão preventiva.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet