Olhar Direto

Sábado, 28 de maio de 2022

Notícias | Ciência & Saúde

falta de insumos

SES notifica órgãos sobre suspensão do atendimento de novos pacientes com Covid-19 no antigo Pronto Socorro de Cuiabá

Foto: Marcos Vergueiro

SES notifica órgãos sobre suspensão do atendimento de novos pacientes com Covid-19 no antigo Pronto Socorro de Cuiabá
A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, nesta terça-feira (11) os órgãos de controle de Mato Grosso sobre a suspensão do atendimento de novos pacientes em tratamento da Covid-19 no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá. 

Leia também:
Cidade de MT registra aumento de 158% nos casos de Covid-19 em 24 horas

De acordo com a assessoria da SES-MT, a unidade de saúde dispõe de 20 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) adulto e 5 leitos de UTI pediátricos pactuados com o Estado, conforme acordado na Comissão de Intergestores Bipartite (CIB).

Na notificação encaminhada ao Ministério Público Estadual (MPE) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), a SES informa que desde dezembro de 2021 a unidade de saúde vem suspendendo a admissão de novos pacientes no local. 

Conforme ofício encaminhado à SES pela própria direção do Hospital, no dia 03 de dezembro de 2021, a suspensão se deve à falta de insumos básicos para o atendimento dos pacientes, o que dificulta as condições adequadas de trabalho dos profissionais. 

Ainda conforme a Secretaria, considerando este ofício, o órgão estadual pontua na notificação feita ao MPE e TCE que as irregularidades citadas pela equipe médica do Hospital foram comprovadas durante supervisão in loco realizada pela equipe da SES nos dias 06, 07, 08, 09 e 10 de janeiro de 2022.

De acordo com o documento, durante a visita técnica foram identificadas a falta de insumos como fita para dextro, esparadrapo, micropole, desarne, torneirinha para equipo soro, teicoplanina, amicacina, fita crepe, metadona, lorazepan, equipo de bureta e prometazina.

Em razão da ausência de medicamentos e insumos básicos para o tratamento adequado dos pacientes bem como o custeio mensal para a devida operação desses leitos, a SES notificou os órgãos de controle para que as irregularidades sejam sanadas, sob pena de bloqueio dos leitos e suspensão do cofinanciamento estadual.

Além dos órgãos de controle, a pasta também notificou a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá para que sejam tomadas as devidas providências.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet