Olhar Direto

Domingo, 23 de janeiro de 2022

Notícias | Cidades

CRISE

Marfrig de VG sofre surto de Covid-19 e funcionários denunciam más condições

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto / Reprodução

Marfrig de VG sofre surto de Covid-19 e funcionários denunciam más condições
Alguns funcionários da unidade de Várzea Grande da Marfrig, uma das maiores companhias de alimentos à base de proteína animal do mundo, denunciaram más condições de trabalho durante o surto de Covid-19 pelo qual a unidade está passando. Segundo os denunciantes, entre os problemas está o de que trabalhadores só são autorizados a fazer o teste de Covid-19 após o fim do expediente. A empresa afirmou que realizou provativamente os testes e tem afastado os funcionários que testam positivo para a doença. Além disso, afirmou que tem tomado outras medidas de biossegurança.

Leia mais:
Caminhoneira influencer Aline Fuchter sofre acidente em rodovia de MT; veja vídeo

De acordo com a denúncia, a crise não está sendo conduzida corretamente, pois como os trabalhadores só são testados para Covid-19 no fim do expediente, já houve casos de pessoas que testaram positivo para a doença, mas passaram o dia de trabalho inteiro ao lado dos colegas. 

Um denunciante afirmou que uma supervisora e um líder são os responsáveis por autorizar os testes. Eles, inclusive, estariam ameaçando funcionários, exigindo que entreguem o mesmo nível de produção, apesar do horário reduzido. O denunciante ainda alega que os testes estão sendo feitos da maneira incorreta (só na ponta do nariz), para não dar positivo.

Por meio de nota a Marfrig afirmou que realizou, proativamente, testes de Covid-19 nos funcionários da unidade, e que tem afastado os que testaram positivo. Ainda afirmou que segue funcionando de acordo com todos os protocolos sanitários, além de ter adotado várias outras medidas buscando evitar a propagação da doença.



Leia a nota na íntegra:

A Marfrig esclarece que realizou proativamente testes de covid-19 nos colaboradores da unidade e, diante dos casos positivos, a companhia iniciou o inquérito epidemiológico e afastou preventivamente os colaboradores que testaram positivo. A unidade segue em funcionamento, de acordo com todos os protocolos sanitários, a fim de garantir a saúde e a segurança de todos.
 
A Marfrig reforça que trabalha constantemente na prevenção e no cuidado com os colaboradores, por meio de medidas como a diminuição do fluxo no refeitório com diferentes intervalos para as refeições, adoção de máscaras PFF2 em toda a área produtiva associado a Face Shield, separação de acrílico nas mesas do refeitório, sanitização semanal da unidade, dispersão de álcool a 70% nos setores diariamente, além da realização de testes de covid-19 em todos os colaboradores. 

Casos sintomáticos são isolados em domicílio, conforme protocolo e acompanhamento da Secretaria Municipal de Saúde. Aumentamos a busca ativa através de questionário epidemiológico em 5% de toda a área produtiva (semanalmente e aleatoriamente). Por fim, a Marfrig promove o afastamento daqueles que testaram positivo ou com sintomas gripais, além de gestantes, pessoas com doenças crônicas e acima de 60 anos.

 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet