Olhar Direto

Quarta-feira, 18 de maio de 2022

Notícias | Política MT

METAS

"Nesta gestão fizemos mais pontes de concreto do que em 300 anos", diz Padeiro

Foto: Michel Alvim - Secom MT

O secretário de Infraestrutura de Mato Grosso, Marcelo de Oliveira, popular Marcelo Padeiro, disse que em toda história de Mato Grosso, em seus quase 300 anos de criação, não se construiu tanta ponte de concreto quanto no atual governo gerido por Mauro Mendes (DEM). 

Leia mais:
Mauro diz que já tem nome para substituir Gilberto, mas ‘ninguém ouviu até o presente momento’

Segundo Padeiro, os trabalhos são descentralizados, atendendo os 141 municípios e deixando um legado marcado na história do estado. "Nesta gestão fizemos mais pontes de concreto do que em 300 anos de estado de MT", comentou o secretário, após a primeira reunião do ano com a equipe principal de assessores do governador, realizada na última semana. 

Atualmente, conforme assessoria da Secretaria de Infraestrutura, somente no governo Mendes foram construídas 96 pontes, 48 estão em execução e 62 estão em licitação/projeto. Mesmo assim, os dados de Padeiro ainda são um pouco exagerados, porque em todo estado possui 453 pontes de concreto e 2.093 de madeira. 

Mesmo assim, os números são bons para um governo que ainda nem entregou os trabalhos de quatro anos de gestão. Padeiro, Mauro e a Secretaria de Fazenda, em 2020 assinaram um convênio com a Caixa Econômica para operação de crédito de construção de 5.000 pontes e aquisição de equipamentos rodoviários, materiais e insumos destinados à execução de obras de infraestrutura em Mato Grosso.

Os recursos são oriundos de operação de crédito no valor R$ 550 milhões, aprovada pela Assembleia Legislativa, com a CEF após trabalho que se iniciou logo nos primeiros meses desse ano, resultando neste programa que é considerado o maior já lançado no Brasil para a construção de pontes de concreto e obras de arte especiais.

Dos recursos oriundos do financiamento, aproximadamente R$ 255 milhões serão destinados para a construção de 60 pontes de concreto em diversas rodovias estruturantes do Estado. Dentre elas, as MTs 100, 110, 130, 140 e 220, contemplando todas as regiões de Mato Grosso. Outros R$ 177 milhões serão destinados ainda para a aquisição de 5 mil metros de bueiros metálicos, 22 mil metros lineares de aduelas de concreto e 900 pares de conjuntos de vigas metálicas e lajes pré-moldadas.  
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet