Olhar Direto

Sábado, 21 de maio de 2022

Notícias | Política MT

Citou Janaina

Presidente do MDB em Cuiabá defende que partido libere filiados nos apoios ao Governo assim como fará com Senado

14 Mai 2022 - 10:31

Da Redação - Isabela Mercuri / Do Local - Érika Oliveira

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Presidente do MDB em Cuiabá defende que partido libere filiados nos apoios ao Governo assim como fará com Senado
O presidente do MDB em Cuiabá e membro do Diretório Regional, advogado Francisco Faiad, afirmou que acredita que o partido irá liberar seus filiados para apoiarem as candidaturas que quiserem ao Governo do Estado, assim como deve acontecer com o Senado. Ele citou o caso da deputada estadual Janaina Riva (MDB), que deverá apoiar seu sogro, senador Wellington Fagundes, à reeleição, enquanto o partido deve estar com Neri Geller (PP).

Leia também:
Janaina afirma que Tigresa seria barrada no MDB antes mesmo de filiação: "não gostaria que partido fosse motivo de chacota"

“Eu estou entendendo que haverá uma liberação, podemos dizer assim, do partido, no sentido de que certos militantes partidários possam apoiar candidaturas diferentes daquela que o partido escolher. Nós temos uma situação, por exemplo hoje, de que o MDB na sua maioria está na candidatura de Neri para o Senado, mas nós temos a deputada Janaína, que apoia o Wellington ao senado. Então, o próprio presidente Bezerra já disse que vai haver uma liberação nesse sentido. Então, eu acredito que possa haver também a liberação para que alguns componentes do partido apoiem candidaturas diversas do governador Mauro Mendes”, afirmou, na manhã desta quarta-feira (11).

Segundo Faiad, no entanto, o foco atual do partido é trabalhar pelas candidaturas proporcionais, com o intuito de eleger seis deputados estaduais e três deputados federais. “Nós trouxemos Emanuelzinho para o MDB, já tínhamos dois federais com praticamente o terceiro que era o deputado Valtenir que assumia constantemente a Câmara Federal, agora nós temos mais um que é o Emanuelzinho. Então nós estamos firmemente nesta luta de formar uma chapa forte com nome forte, com nomes fortes, com viabilidade eleitoral grande pra elegermos três federais e seis estaduais. Essa é a meta”, disse.

Apesar de a discussão não ser feita de forma oficial atualmente, há membros do MDB que defendem que o partido siga com o governador Mauro Mendes (UNIÃO) se ele realmente for candidato a reeleição. O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), no entanto, está do lado de uma candidatura de seu vice, José Roberto Stopa (PV), pela federação PT, PV e PCdoB.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet