Olhar Direto

Quarta-feira, 18 de maio de 2022

Notícias | Cidades

CRIME EM 2014

Capitão da PM condenado por estuprar garota de 13 anos perde patente e é excluído da corporação

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Maicon (detalhe) perdeu patente e foi excluído do quadro da PM

Maicon (detalhe) perdeu patente e foi excluído do quadro da PM

O capitão da Polícia Militar Maicon Moraes de Aguiar, teve a perda da patende determinada pelo Governo de Mato Grosso. Ele foi condenado por estuprar uma adolescente de 13 anos, em agosto de 2014, em Barra do Bugres (a 168 km de Cuiabá), além de ter mantido o namorado dela, de 17, no porta-malas do carro enquanto cometia os abusos sexuais contra a menor. 

Leia também 

Capitão da PM é preso acusado de sequestro e estupro de adolescentes

TJ determina expulsão de capitão da PM por estuprar adolescentes de 13 e 17 anos


Consta de Diário Oficial, que circulou nesta quinta-feira (12), uma determinação que exclui Maicon do quadro de policiais da corporação. Além disso, o Estado decidiu pela incapacidade do condenado em se manter ativo na PM. 

Maicon chegou a pedir a prescrição do processo administrativo disciplinar, mas teve o pedido indeferido. O Estado determinou que ele e sua defesa sejam informados sobre decisão. A Secretária Estadual de Segurança Pública (Sesp), também deverá ser notificada sobre a exclusão.  

O caso 

Enquanto atuava como capitão da PM, ele teria aborado o casal de namorados na madrugada de 31 de agosto, em frente de uma casa em Barra do Bugres. Armado com um revólver, ele teria levado os dois jovens para uma propriedade rural. 

Atestam os adolescentes que Maicon trancou o menor no porta-mala do carro enquanto estuprava a vítima dentro do veículo. Os dois reforçaram que o estupro e o sequestro ocorreram sob graves ameaças de morte.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet