Olhar Direto

Quarta-feira, 18 de maio de 2022

Notícias | Política MT

debate sobre alianças

“Max Russi vai ter que fazer opção em algum momento da história”, dispara Stopa

13 Mai 2022 - 17:35

Da Reportagem Local - Érika Oliveira/ Da Redação - Isabela Mercuri

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

“Max Russi vai ter que fazer opção em algum momento da história”, dispara Stopa
O possível pré-candidato da federação PT, PV e PCdoB, vice-prefeito de Cuiabá José Roberto Stopa (PV), afirmou que o deputado estadual Max Russi vai ter que “fazer opção” em algum momento. Russi é da base do governador Mauro Mendes (UNIÃO) mas, nacionalmente, seu partido está na chapa do ex-presidente Lula (PT), com o candidato a vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB).

Leia também:
Natasha quer PSB com Mauro Mendes e entra na disputa para ser candidata ao Senado do grupo governista

“O deputado Max Russi vai ter que fazer opção em algum momento da história. É um grande deputado, mas vai ter que fazer uma opção. Hora que ele fizer a opção, a gente vai estar conversando sobre isso. Nada está fechado, mas existe uma coisa certa, vamos apoiar pessoas que estiverem ligadas e estiverem nos apoiando. Esse é o princípio de qualquer conversa que vamos ter. não podemos citar nomes ainda, é cedo, o processo político é muito dinâmico, mas apoiaremos quem estiver nos apoiando”, disparou Stopa na tarde desta sexta-feira (13).

Russi tem evitado falar sobre seu apoio a nível nacional, e comparece sempre aos eventos do governador. Mauro, por sua vez, já recebeu apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL). Desta forma, Max tem um problema, pois se seguisse as orientações nacionais do partido, deveria apoiar o candidato da federação, que deve ser Stopa ou a ex-reitora da UFMT Maria Lúcia Cavalli Neder.

Recentemente, o presidente do PSB em Mato Grosso negou que houvesse problemas dentro do partido, e disse, inclusive, que iria ao evento nacional da sigla. No entanto, não publicou nenhuma imagem no evento. Além disso, apesar de o PSB ter uma pré-candidatura ao Senado, da médica Natasha Slhessarenko, o que corre nos bastidores é que a sigla irá apoiar Neri Geller, e a pediatra vai acabar como candidata à Câmara Federal.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet