Olhar Direto

Sexta-feira, 01 de julho de 2022

Notícias | Picante

Coincidência ou não?

Há três anos, Júnior Mendonça e Aldo Locatelli denunciaram esquema de facção em postos de combustíveis

Foto: Olhar Direto

Coincidência ou não?
Esquema de lavagem de dinheiro em postos de combustíveis coordenado por uma organização criminosa foi denunciado ainda em 2019, pelo empresário Gércio Marcelino Mendonça Júnior, proprietário de 25 estabelecimentos na grande Cuiabá, e também pelo presidente do SindiPetróleo, Aldo Locatelli. Os depoimentos foram dados durante CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Já na manhã desta segunda-feira (16), a Polícia Federal deflagrou a Operação Jumbo, que prendeu Tiago Gomes de Souza, conhecido como Baleia, 36 anos, responsável por usar três postos na capital mato-grossense para lavagem de dinheiro decorrente do tráfico de drogas. Ele e outros criminosos movimentaram cerca de R$ 350 milhões no período de quatro anos. Ao ser questionado sobre as coincidências das denúncias registradas há três anos e da operação, o delegado de Combate ao Crime Organizado, José Vinícius reagiu com uma “cara de paisagem”.  
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Mais Picantes

Comentários no Facebook

Sitevip Internet