Olhar Direto

Sexta-feira, 01 de julho de 2022

Notícias | Política MT

acusou opositores

Emanuel critica 'politiqueiros' e rebate vídeo de atendimento em UPA: “Toma vergonha na cara, cambada de à toa”

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Emanuel critica 'politiqueiros' e rebate vídeo de atendimento em UPA: “Toma vergonha na cara, cambada de à toa”
O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou que o vídeo gravado na UPA Verdão na última segunda-feira (20) foi ação de vereadores e ex-vereadores da oposição que querem ganhar visibilidade com a proximidade das eleições e, para isso, brincaram com “o sofrimento da população”. Em resposta à frase dita no vídeo, em que uma pessoa fala: “Toma vergonha na cara, prefeito!”, Emanuel rebateu: “Toma vergonha na cara vocês, cambada de à toa”.

Leia também:
Paciente que passou mal na UPA do Verdão agradece atendimento e critica quem o filmou: "nada a ver com o que ocorreu"; veja vídeo

A revolta de Emanuel aconteceu no início de sua live, realizada nas redes sociais na noite de terça-feira (21). Ele, inclusive, comparou sua atitude com a do presidente Jair Bolsonaro (PL) e chegou a falar que “o presidente às vezes tem razão” ao se revoltar contra alguns setores da mídia.

“Mentira deslavada, politicagem, porque está chegando a eleição e essa cambada de vereadores, suplentes, ex-vereadores baderneiros, politiqueiros, que não tem compromisso com a população, querem fazer o nome para deputado porque não conseguiram até agora se encontrar na política, eu não posso aceitar”, bradou.

Pinheiro ainda argumentou que sua revolta não é por si mesmo, mas pelos servidores da UPA, que trabalharam “no limite da estafa” em um dia atípico de lotação da unidade de saúde que, segundo ele, acontece em qualquer lugar. “Vai pro Santa Rosa, pro Jardim Cuiabá, lembra da pandemia. Qualquer hospital particular quando lota leva duas, três, quatro, cinco, seis horas... qualquer um. E lá não levou isso. Um paciente que desmaiou, passou mal, foi atendido imediatamente. E aí tentaram fazer toda aquela palhaçada em cima dele”.

Depois que o vídeo em que o paciente passa mal foi divulgado, ele mesmo gravou outro em que disse ter sido muito bem atendido na UPA. Na live, o prefeito fez questão de lembrar, ainda, que a unidade é 100% custeada por recursos da Prefeitura de Cuiabá, apesar de receber muitos pacientes de outras cidades.

“Quem tem que tomar vergonha na cara são esses políticos baderneiros, politiqueiros, que não tem compromisso com o povo, que usa e abusa da boa fé do povo cuiabano, da dor da população SUS, tentando jogar o povo contra o prefeito quando na verdade deveria era cobrar do prefeito, do governador, que unam esforços para melhorar a saúde”, completou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet