Olhar Direto

Sexta-feira, 01 de julho de 2022

Notícias | Cidades

​'ONIPRESENTE'

PF apreende 15 caminhões carregados com madeira em operação contra o crime em terra indígena de MT

Foto: Reprodução

PF apreende 15 caminhões carregados com madeira em operação contra o crime em terra indígena de MT
A Polícia Federal (PF), em ação conjunta com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), interrompeu, nesta quarta-feira (22), as atividades de 15 caminhões carregados de madeira na Terra Indígena (TI) Aripuanã, no noroeste de Mato Grosso. Três motos e três tratores também foram apreendidos. 

Leia também:
Motociclista morre com a cabeça esmagada por caminhão em avenida de MT

De acordo com a assessoria da PF, a ação faz parte da Operação Onipresente que, desde o começo do mês de junho, tem reprimido a extração de madeira e garimpos clandestinos em TIs mato-grossenses. A área, alvo da ação, é muito extensa e impactada pelo desmatamento, com estradas que vão de  Aripuanã até Rondônia. 

Ainda conforme a PF, calcula-se que todos os dias saem dessa área de desmatamento pelo menos 10 caminhões carregados de toras de alto valor. A instituição destacou que, pela grande extensão a ser fiscalizada, as equipes conseguiram, apenas nesta madrugada, realizar o equivalente a 10 dias de trabalho.

Além da ação dessa madrugada, nos dias anteriores equipes da PF e Ibama também atuaram nos seguintes locais: 
  • Garimpo  no Rio Roosevelt onde foram inutilizadas 6 balsas, 1 caminhão e 3 motos.
  • Garimpo na Terra Indígena Aripuanã no ponto do Tamari  inutilizados 6 motores e 1 Pá Carregadeira. Segundo a PF, Imesse ano já foi realizada uma ação na mesma localidade que havia desmantelado o garimpo e, agora, a ação reprimiu a tentativa do retorno da atividade garimpeira. Esse ponto também foi alvo da Operação Ato Reflexo, que resultou na prisão de um servidor da Funai e um cacique que recebia 20% de todo ouro extraído da terra indígena.
  • Fiscalização Terra Indígena Kayabi, Kaiapó, Zoró e no Parque Nacional do Xingu.

Conforme a PF, a escolha  das localidades fiscalizadas foi feita através de monitoramento  via satélite, no sistema Planet, que é capaz de detectar  desmatamentos em áreas tão  pequenas quanto um quintal de uma casa. Onipresente  é uma operação contínua na qual atuam em  conjunto a Polícia Federal e Ibama pertencente ao programa Guardiões do Bioma, do Governo  Federal.

Veja os vídeos:
 
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet