Olhar Direto

Segunda-feira, 15 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

decisão da 4ª vara

Mauro diz que cabe recurso em aumento a PMs e bombeiros: “Estado não pode olhar só para servidores’

01 Jul 2022 - 07:30

Da Redação - Isabela Mercuri / Do Local - Érika Oliveira

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Mauro diz que cabe recurso em aumento a PMs e bombeiros: “Estado não pode olhar só para servidores’
O governador Mauro Mendes (UNIÃO) afirmou que ainda cabe recurso na decisão que determinou a incorporação de 11,98% de reajuste aos salários de policiais militares e bombeiros que fazem parte da Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso. Ele ainda argumentou que o estado é responsável e não pode olhar só para seus servidores.

Leia também:
Justiça dá 30 dias para aumento de 11,98% em salários de policiais militares e bombeiros

A decisão, que foi estabelecida em ação coletiva proposta pela Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, em fase de liquidação/execução de sentença, deu prazo de 30 dias para o governo
Segundo a justiça, a porcentagem corresponde ao recebimento dos valores provenientes da conversão a menor da moeda realizada no ano de 1994, que gerou prejuízo ao padrão remuneratório dos militares estaduais.
 
“Eu não conheço o teor dessa decisão, ela foi proferida ontem, mas decisão em primeira instância sempre cabe recurso, eu acredito que a [Procuradoria-Geral do Estado] PGE deve estudar isso e vai me orientar, fazer, não precisa da minha orientação, ela tem o dever de defender as posições do estado, muito provavelmente a PGE vai avaliar o que deve ou não fazer nesse caso”, argumentou Mauro na manhã desta quarta-feira (29).

Mendes afirmou que, por mais que haja dinheiro em caixa, o Estado tem que ser responsável. “Porque o cidadão que está aí fora ele quer que pague os impostos, o dinheiro que está aqui dentro é o dinheiro do cidadão. E ele quer um governador responsável que cuide bem do seu dinheiro. E cuidar bem do dinheiro é olhar para o servidor, para a saúde, para a educação, para as estradas, para o sistema prisional, olhar para tudo aquilo que a sociedade precisa e ela paga por isso. Então não posso olhar só para dentro do governo e para as demandas internas que essa máquina precisa”, finalizou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x