Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de julho de 2019

Notícias / Copa 2014

Comitê evita polêmica sobre violência em Cuiabá

Ademar Andreola

02 Fev 2009 - 17:01

O presidente do Comitê Pró-Copa do Mundo de Futebol em Cuiabá, Yuri Bastos Jorge, disse hoje que não pretende  polemizar ou entrar nas provocações que estão sendo feitas pelo governador de Mato Grosso do Sul, André Pucinelli, sobre a cidade do Pantanal que irá ser uma das sub-sedes jogos dos em 2014. Segundo ele, o comitê já entregou à comissão organizadora, um caderno, além daquele com os encargos exigidos pela FIFA,  mostrando que Mato Grosso tem a oferecer um grande conjunto de atrações naturais, culturais e artítiscas que superirariam os do Estado vizinho, Estas opções seriam mais atrativas aos torcedores que virão para assistir à Copa no Brasil. "Nós já mostramos que temos muito mais a oferecer àqueles que aqui virão".

Bastos Jorge disse ainda ter encarado como normal a matéria veiculada pela Rede Globo de Televisão, no domingo à noite, durante o programa Fantástico, mostrando cenas de violência cometida por adolescentes em Cuiabá. " É uma questão de liberdade de expressão e isso não se discute", afirmou ele.

 A divulgação desta matéria, às vésperas da chegada da comissão organizadora da Copa,  foi considerada por muitos como uma maneira de denegrir a imagem de Cuiabá, em favor de Campo Grande. O Grupo Zaharan, proprietário das TV's Centro América ( Cuiabá),  Morena ( Campo Grande)  e a grande maioria de seus interesses econômicos estão sediados na Capital sul-mato-grossense. O  grupo teria interesse  que  uma das sub-sedes dos jogos fosse então em Campo Grande.  
Sitevip Internet