Olhar Direto

Sexta-feira, 12 de julho de 2024

Notícias | Política MT

LOGÍSTICA

Congresso precisa ter coragem para enfrentar burocracia ambiental, afirma Silval

Foto: Olhar Direto

Governador discutiu gargalos da logística

Governador discutiu gargalos da logística

O governador Silval Barbosa (PMDB) apontou a burocracia e a legislação ambiental como os principais entraves ao crescimento econômico do setor produtivo na região centro-oeste do pais. O tema foi debatido nesta quarta-feira (11.12) durante audi6encia pública da Comissão de Infraestrutura do Senado.


Durante o debate foi apresentado pela empresa Macrologística um projeto de desenvolvimento logístico para a região chamado Centro-Oeste Competitivo, elaborado sob encomenda pelas federações de indústria dos quatro entes federados da região.

Leia mais:
Após 4 anos, valor dos maquinários comprados pelo Estado em 2009 ainda estão acima do mercado
Silval ‘escapa’ de pressões e decide manter secretariado sob comando dos mesmos aliados, sinalizando rumo de alianças

Para Silval, o Congresso Nacional tem papel fundamental para destravar os entraves na legislação, reduzir o rigor das exigências e garantir a sustentabilidade.

“O que nós mais deparamos de problemas é a burocracia, os agentes financiadores, que hoje estão mais rigorosos. Acredito que nós tenhamos como superar e fazer avançar a nossa economia se nós tivermos que coragem de fazer o enfrentamento. E tenho certeza de que o Congresso pode fazê-lo”, afirmou.

O governador citou como exemplo de dificuldade enfrentada as exigências feitas para pavimentação de rodovias, muitas delas abertas há mais de 40 anos.

“Nós não podemos ficar sujeitos à legislação para pavimentar uma estrada aberta há mais de 40 anos por causa de licença ambiental. Isto é um problema sério”, comentou.

Falando para senadores do centro-oeste, entre eles Blairo Maggi (PR) e Pedro Taques (PDT) e Osvaldo Sobrinho (PTB), Silval lembrou que é preciso garantir segurança jurídica para Mato Grosso continuar a receber investimentos privados.

“Se nós superarmos isso, nós teremos como tirar os entraves da legislação e deixar a iniciativa privada construir. O que precisamos mostrar aos investidores é a segurança jurídica. Uma legislação que dê clareza, que simplifique o sistema”, concluiu.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 
xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet