Olhar Direto

Quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Notícias / Cidades

Segurança 'fecha' delegacias e coloca três mil policiais nas ruas na 'Carga Máxima'

Da Redação - Patrícia Neves

04 Mar 2016 - 10:25

Segurança 'fecha' delegacias e coloca três mil policiais nas ruas na 'Carga Máxima'
Cerca de três mil policiais civis participam na data de hoje, 4, da operação Carga Máxima, da Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso. “O cidadão ainda tem na polícia a esperança de dormir tranquilo e de proteção da sua família. Então hoje é uma homenagem ao cidadão de bem, porque a polícia está na rua e a polícia na rua significa a inquietação do criminoso e a tranquilidade para as famílias”, destacou o secretário de Segurança Pública, Fábio Galindo.

Leia Mais:
Dupla troca tiros com a PM após assaltos em área nobre da capital e acaba presa

A ação emprega todo efetivo da Polícia Civil e em decorrência da ação o expediente nas delegacias foi direcionado para o cumprimento de mandados de  prisões. Também são cumpridas ordens judiciais para apreensão de veículos, maquinários, além de 200 toras de madeira ilegal, carga de bebida e cigarros, armas e drogas. Balanço da ação será apresentado às 15 horas.

De acordo com o secretário, a estratégia de ação de policiais na rua é baseada em trabalho de inteligência que identificou os principais pontos de crimes, entre eles, desmanches e bocas de fumo. “Hoje estamos cumprindo mandados nessa grande operação que envolve 3.300 homens em todo o Estado. A Polícia está trabalhando forte. Polícia na rua é inquietação para o criminoso e tranquilidade para o cidadão”, afirmou Galindo.

O delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Adriano Peralta Moraes, afirmou que cada delegacia em sua respectiva área está cumprindo mandados de buscas, prisão,  ordens de serviços dentro de investigações da unidade. “Começamos às 5 horas desta manhã, previsão para terminar às 6h da manhã de sábado. Estamos com 100% do efetivo na rua. Fechamos as unidades administrativas para melhor desempenho nessa operação”, declarou o delegado geral Adriano Peralta Moraes.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ricardo
    04 Mar 2016 às 14:26

    E a fronteira, continua livre?

  • Sergio Rubens da Silva
    04 Mar 2016 às 11:05

    Boa, Drº Adriano Peralta, mostre para os incautos que violência pública se combate com ações e não com falácias.

  • Daniel
    04 Mar 2016 às 10:55

    Parabens ao secretario de seguranca publica pq isso era para tar acontecendo em outras gestoes parabens .....

Sitevip Internet