Olhar Direto

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Opinião

Ao Prefeito

Autor: Eduardo Póvoas

30 Nov 2018 - 08:00

Senhor Prefeito Emanuel Pinheiro, de maneira nenhuma este meu artigo tem a finalidade de criticar sua administração, e sim, cuiabano como o senhor, sinto-me no dever de ajudar quem quer que esteja temporariamente sentado na sua cadeira, a administrar aquela que amo como poucos, e que abaixo de Deus, me deu tudo que tenho, que é a nossa tricentenária capital.

Já escrevi Prefeito sobre estes dois temas várias vezes, e por me incomodar muito, imagine a quem vier nos visitar, volto a eles, que é a entrada da nossa cidade pela BR 364 no distrito industrial e sobre o largo do Rosário, chamado por alguns idiotas como ilha da banana.

Prefeito sei perfeitamente que a região do distrito industrial a margens da BR 364 não é jurisdição da Prefeitura de Cuiabá, e sim do DNIT.

Pouco importa a quem se depara com aquela imundice às margens da rodovia se ali pertence a Prefeitura de Cuiabá ou ao DNIT, o que interessa é que aquela podridão parecendo mais um chiqueiro que uma entrada de uma capital, deixará impressão muito negativa aos nossos visitantes. Aliás, há muito tempo já vem deixando.

Portanto sugiro que o senhor entre em contato com o DNIT exigindo que esse órgão recupere essa região, livrando-nos de uma vergonha homérica. Se não for rápido, não dará tempo.

Outra coisa que maculará sua administração é o largo do Rosário e São Benedito, caso continue como está.  Prefeito quase um milhão de pessoas não podem ser sacrificadas pela briga judicial entre um munícipe e o Governo do Estado, ou a Prefeitura.

Esse lugar se assim permanecer, comprometerá todo esforço que o senhor e sua equipe vem fazendo para embelezar nossa Cuiabá.

Sugiro que o seu Departamento Jurídico entre em contato com nossa justiça e proponha a construção de um muro em volta da casa do munícipe, e que reurbanize toda área, ficando só o munícipe isolado.

Assim, o cidadão que discorda da desapropriação de seu imóvel, possa continuar sua briga judicial por 50 ou 100 anos sem colocar toda população de uma tricentenária capital de castigo.

Que tal Prefeito? Parece algum absurdo?
Acho que não.

Se assim acontecer, Cuiabá lhe agradecerá enormemente.


EDUARDO PÓVOAS É PÓS GRADUADO PELA UFRJ.
 

 
 
Sitevip Internet