Olhar Direto

Terça-feira, 19 de setembro de 2017

Notícias / Ciência & Saúde

Criança de sete anos precisa de coração novo e Cuiabá é uma das cidades para possível doação

Da Redação - Lázaro Thor Borges

23 Dez 2016 - 11:00

O pequeno Nicholas, de 7 anos, precisa de um novo coração

O pequeno Nicholas, de 7 anos, precisa de um novo coração

Cuiabá "entrou no mapa" para o pequeno Nicholas Araújo Arimatéa de 7 anos desde que ele se viu hospedado em um Hospital Militar em Brasília, à espera de um coração. A doação, no entanto, só pode ser feita por doadores do Distrito Federal ou de capitais cujo vôo não dure mais que 1h20. Entre elas, está a capital mato-grossense.

Leia mais:
Mudança na lei da meia-entrada garante benefício aos doadores de medula em Mato Grosso


Há cerca de um ano Nicholas foi diagnosticado por uma doença grave e rara chamada miocardiopatia restritiva. A família dele é natural de Natal, no Rio Grande do Norte. No país, apenas quatro capitais fazem a cirurgia de que a criança precisa. Em uma delas, em Fortaleza, a família tentou internar o menino, mas não havia leitos suficientes de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A vaga só foi conquistada em Brasília. Segundo contou o pai de Nicholas, Giovanni Arimatéa, ao jornal Tribuna do Norte, o menino está sendo medicado durante 24 horas e tem feito fisioterapias para reduzir as seqüelas de um Acidente Vascular Cerebral que o acometeu. 

Ainda que tenha um plano de saúde privado, Nicholas terá sua cirurgia bancada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), já que o procedimento é de alto custo. Para conseguir a doação e consequentemente o transplante, a família esbarra no preconceito. Atualmente, cerca 50% dos familiares de pessoas que poderiam doar órgãos preferem não autorizar a doação.

Por conta do problema, o pai pede que os cuiabanos também se sensibilizem pela questão e deixem de lado o preconceito para salvarem vidas. Giovanni Arimatéa conta que o filho tinha uma vida normal até o diagnóstico e que, a partir de então, o esforço da família e dos amigos tem sido imenso para tentar conseguir uma doação.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jonas
    23 Dez 2016 às 17:55

    Deus abençoe este menino do Rio Grande do Norte e que Deus lhe dê saúde. Se sua cura estiver aqui em Cuiabá, que assim seja. A vida é uma benção.

Sitevip Internet