Olhar Direto

Sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Notícias / Política MT

Thelma assume Chapada sem capacidade de investimento e com dívidas que superam R$ 9 mi

Da Redação - Lucas Bólico

09 Jan 2017 - 10:50

Foto: Reprodução

Thelma assume Chapada sem capacidade de investimento e com dívidas que superam R$ 9 mi
A prefeita de Chapada dos Guimarães, Thelma de Oliveira (PSDB), assumiu o município com um cenário nada favorável. Dívidas da gestão passada, capacidade zero de investimento e obras paradas compõe o cenário do município, que, na avaliação dela, precisa ainda de ações estratégicas para alavancar o turismo. “Acredito que durante seis meses minha cabeça vai estar totalmente voltada para arrumar a casa, como diria Dante de Oliveira”, avaliou.

Leia também:
Thelma toma posse e apresenta plano emergencial de 90 dias para Chapada dos Guimarães
 
De acordo com ela, a folha de pagamento do município já está toda comprometida com a Lei de Responsabilidade Fiscal e cortes já começaram a ser feitos. “Por isso nós assinamos agora um decreto baixando para reduzir despesas, exonerando aqueles cargos que nós consideramos que representam uma gordura dentro da maquina administrativa. Enfim, nós precisamos cortar gastos e buscar o equilíbrio fiscal para nos mantermos abaixo da LRF”.
 
A gestão Thelma de Oliveira começa após o término da intervenção do Estado no município, determinada pelo Tribunal de Contas do Estado. “Foi muito importante porque isso fez com que tanto o gestor anterior quanto nós tivéssemos uma consciência melhor de como estamos encontrando a prefeitura. Não é uma situação fácil, a nossa capacidade de investimento é praticamente zero, nós hoje temos uma dívida somando 2015 e 2016 de mais de R$ 9 milhões”, elenca.
 
O que deu um pequeno alívio para a gestão que se inicia foi o dinheiro da repatriação e do FEX, que chegou aos cofres do Estado no final de 2016 e foi repassado para as prefeituras. “Mas são recursos já comprometidos com folha, que eu tenho que pagar agora dia 10 e de convênio. Então esses R$ 5 milhões que a gente tem vão ser todos consumidos com relação a isso”, adianta.
 
Ainda como deputada federal, Thelma de Oliveira destinou uma emenda de R$ 10 milhões para obras no abastecimento de água no município. Com contrapartida de R$ 4 milhões do Estado, a obra estava paralisada. “Mas agora, através do secretário Wilson Santos (PSDB) da Secid já houve o pagamento de uma parcela que estava faltando e com isso a obra será retomada e há uma previsão do governador de inaugurar até julho deste ano”.
 
Fomento ao turismo

Thelma conta que planeja reestruturar o conselho municipal de turismo e montar um calendário anual de atividades para que os empresários do setor possam se planejar e a arrecadação na cidade cresça. “Junto com isso nós vamos ter que divulgar a nossa cidade, porém precisamos arrumá-la antes. Nós somos uma cidade turística, mas que ainda não tem aquela organização, aquela beleza de uma cidade turística para receber bem aquelas pessoas que vão nos visitar”.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • El Cid
    09 Jan 2017 às 15:53

    Chapada, Várzea Grande, Cáceres, Poconé, Barão de Melgaço, deviam voltar a pertencerem a Cuiabá! Só problemas e cada dia mais atrasadas, vôte!

  • 09 Jan 2017 às 14:05

    Espero verdadeiramente que ela faça o que esta ao alcanse dela! O possivel! Porque se ela ja fizer isto esta de bom tamanho... Chapada é umas das cidades mais conhecidas nacionalmente e internacionalmente! O povo chapadense e os turistas merecem uma cidade melhor!!!

  • Chapadense
    09 Jan 2017 às 11:40

    Será que vai conseguir fazer algo mesmo ? Será que vai terminar o mandato?

  • fabio
    09 Jan 2017 às 11:08

    Chapada assim com Várzea Grande retrocederam uns 20 anos com os últimos prefeitos. Reflexo de má gestão, falta de compromisso com a sociedade e desvios de erários públicos. A ex Deputada Thelma tem a chance unica de mostrar do que é capaz. Articulação politica e conhecimento ela tem, agora queremos ver isso ser colocado pratica em uma das cidades com maior capacidade turista do estado.

Sitevip Internet