Olhar Direto

Quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Notícias / Política MT

Oscar Bezerra não aceitará que Wilson Santos "patrole" CPI das Obras da Copa com retomada do VLT

Da Redação - Jardel P. Arruda

11 Jan 2017 - 09:00

Foto: Assessoria AL-MT

Oscar Bezerra não aceitará que Wilson Santos
O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Obras da Copa do Mundo, deputado estadual Oscar Bezerra (PSB), classificou como “patrolamento" dos trabalhos da Assembleia Legislativa a atuação do secretário de Estado das Cidades, deputado Wilson Santos (PSDB), que tem falado em entrevistas estar próxima a retomada das obras de implantação do Veículo Leve Sobre Trilho (VLT). Ele avaliou que é preciso levar em conta o relatório produzido pela CPI antes de selar qualquer acordo.

Leia mais:
Líder do governo convoca base para votar LOA na quarta; Botelho afirma deputados acertam detalhes

“[Wilson] Está sendo precipitado. Não vamos aceitar que a Assembleia seja patrolada! Principalmente vindo de um colega que saiu daqui e sabe como funciona. O Wilson precisa respeitar o que foi feito na CPI das Obras da Copa”, asseverou Oscar Bezerra, na noite de terça-feira (11), após a sessão na qual entregou o relatório da Comissão ao plenário, para ser apreciado dentro de cinco sessões.

A alusão ao termo “colega” se deve ao fato de Wilson Santos ser deputado estadual licenciado. O tucano era líder do Governo na Assembleia Legislativa até o início do processo eleitoral de 2016, quando se afastou para ser candidato a prefeito de Cuiabá. Depois das eleições, retornou por um curto período de tempo, até ser anunciado com secretário de Estado das Cidades, sendo o primeiro parlamentar a assumir um cargo na gestão do governador Pedro Taques (PSDB).

Segundo Oscar Bezerra, a CPI encontrou vícios insanáveis no contrato com o Consórcio VLT Cuiabá, durante um ano e dois meses de investigação esmiuçadas em mais de 500 mil páginas, que podem comprometer a retomada dos trabalhos. Um dos exemplos de vícios são os aditamentos de prazo e valor, proibidos no Regime Diferenciado de Contratação (RDC).

“Nós temos indícios fortes de vícios insanáveis no contrato com o Consórcio VLT. Como vamos tocar uma obra se tem vício insanável? Por exemplo, não podia aditar prazo e nem valor. Os dois foram feitos no RDC, não pode fazer aditivo de prazo e valor. Como você vai tocar uma obra que tem esse vício? A não ser que a Assembleia Legislativa faça um entendimento com o Tribunal de Contas do Estado, com Ministério Público e Governo, assine um TAG, para daí sim fazer um bom entendimento, até para própria negociação do preço do VLT.

Oscar Bezerra ainda ressaltou que o relatório da CPI já estava pronto desde o fim de 2016. Só não foi levado ao plenário anteriormente a pedido dos líderes governistas para a Assembleia Legislativa dar mais foco às mensagens enviadas pelo Governo do Estado. Para “passar a limpo” esse caso, Oscar deve procurar Wilson Santos para uma reunião nesta semana. “Essa semana devo procurar o secretário, devo buscar o Governo do Estado porque existe muito que foi investigado que pode comprometer os planos do secretário”, complementou Bezerra.

Wilson Santos não atendeu nem retornou às ligações da reportagem do Olhar Direto. Desde que assumiu a Secid, há dois meses, colocou a retomada das obras do VLT como prioridade, envolvendo o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado (TCE), além de criar  o Conselho Deliberativo, sob a presidência do governador José Pedro Taqaues (PSDB), e incluindo os prefeitos Emanuel Pinheiro (PMDB), de Cuiabá, e Lucimar Sacre de Campos (DEM), de Várzea Grande, para evitar novas paralisações.

10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • AMA
    11 Jan 2017 às 16:13

    Agora que vislumbramos o senhor Wilson Santos empolgado com a retomada das obras do VLT, vem um deputado questionando detalhes. O principal agora, caro deputado, é todos unirem forças em prol do término desse elefante branco, o senhor não vê que quanto mais tempo decorre, mais o maquinário enferruja, será o que senhor não tem visão administrativa, prefere por tudo a perder por causa de detalhes, já não ficou contente por esse VLT aparecer em toda mídia nacional como a obra mais vergonhosa do país por estar inacabada. Seja esperto, a obra total ou parcial acabada evitará que um bilhão e pouco sejam jogados na lata de lixo.

  • Garcia
    11 Jan 2017 às 14:34

    Estranha a posição desse Deputado...quer acabar com o VLT e deixar o povo a continuar nesse sofrimento dos ônibus velhos sem ar condicionado !!!

  • Teresa
    11 Jan 2017 às 12:02

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • XIKO
    11 Jan 2017 às 11:52

    Vai caçar o que fazer Deputado, eu conheço essas CPIs dessa casa não da em nada.

  • willian
    11 Jan 2017 às 11:36

    Levam mais da metade de um mandato, só para uma CPI e agora ainda ficam de historinhas. Essa assembleia vai bem heim? Próximo ano já temos eleições para deputados novamente, e o que os 24 deputados fizeram? Ha, sei, encheram o bolso com seus polpudos salários e verbas indenizatórias.

  • JEFERSON MATOS
    11 Jan 2017 às 11:01

    CPI=CIRCO. Bezerra para de empacar obra do VLT, vai cuidar da sua vida. A CPI da Copa foi a coisa mais inútil dessa Assembléia nos últimos anos.

  • Desinformado
    11 Jan 2017 às 11:00

    E quem falou que a CPI tem poderes para interromper as obras??? O relatório gerado ainda tem que ser aprovado, e serve tão somente como mera recomendação. Larga de atrapalhar a vida de MT e vai caçar o que fazer!

  • jose
    11 Jan 2017 às 10:58

    Mais um querendo aparecer, em vez de ajudar a resolver esse embrolIo do VLT esse individuo cria problemas

  • Mario Rodrigues
    11 Jan 2017 às 09:37

    Deputado o senhor parece que quer aparecer, por que nao procura o Wilson Santos e explica para ele a situação e tenta encontrar uma saída em vez de ir pra imprensa. parece inveja.

  • vicente
    11 Jan 2017 às 09:30

    Essa AL nunca faz nada, só atrapalha. Queremos soluções, não mas problemas para o VLT..

Sitevip Internet