Olhar Direto

Terça-feira, 30 de maio de 2017

Notícias / Cidades

Para cobrar dívida, homem invade agência de publicidade e ameaça funcionária com arma

Da Redação - André Garcia Santana

17 Fev 2017 - 08:52

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Para cobrar dívida, homem invade agência de publicidade e ameaça funcionária com arma
Um homem identificado como A.G.N.S, de 27 anos, foi preso na tarde de quinta-feira (16), após invadir a agência de publicidade Webflávia, instalada no bairro Quilombo, em Cuiabá, e ameaçar uma funcionária colocando uma arma em sua barriga. O criminoso cobrava uma divida com a proprietária da empresa e disse ter ido ao local a mando de uma mulher identificada como L., dona de uma loja de roupas.

Leia mais:
Acusado de cometer quatro estupros é preso após fugir da cadeia

Ao perceber a chegada de um dos publitcitários, ele deixou o estabelecimento em um veículo modelo Uno. Na, sequencia, no entanto, o suspeito começou a passar devagar em frente à agência, intimidando duas funcionárias, tendo ainda realizado um disparo na direção delas. O tiro atingiu uma das vidraças.

O homem também teria feito várias ligações de seu próprio celular ameaçando as vítimas de morte, dizendo que receberia o dinheiro naquela data. No local do crime ele também teria chegado a dizer que só sairia de lá após receber. De acordo com o boletim de ocorrência nº2017 57202, a Polícia Militar (PM), foi acionada, e durante as buscas por A.G.N.S, conseguiu detê-lo no bairro Goiabeiras.

Ele transitava pelas proximidades de um Shopping, quando foi obrigado a diminuir a velocidade, por conta do trânsito, momento em que os policiais o abordaram. Com o criminoso foi apreendida uma pasta com um revólver calibre 38 com quatro munições intactas e uma deflagrada. O homem foi encaminhado algemado para a Central de Flagrantes e responderá pelos crimes de ameaça e tentativa de homicídio. 

Em nota a agência se manifestou sobre o episódio: Veja a íntegra:

"Webflavia vem a público informar que no dia 16 de fevereiro de 2017 teve duas funcionárias (de 22 e 23 anos) abordadas em frente a agência por um cidadão armado e exigindo a presença da proprietária que encontra-se em viagem. Diante das ameaças, ele entrou na agência, percorreu as salas e após não encontrá-la, saiu. Minutos depois, retornou e atirou contra a porta de vidro, vindo a destruí-la. Até então, pensávamos que era uma tentativa de assalto.

Após detido, o referido cidadão reclamou o pagamento de uma dívida do ano de 2014, supostamente contraída pela proprietária. Divida esta que a mesma não reconhece.

O que sentimos foi que, diante da presença de mulheres, inclusive uma grávida, houve o prevalecimento de machismo e abusos, aproveitando-se de sua condição para extorquir. A Webflavia já constituiu o advogado, e está tomando as devidas providências
".

Atualizada 14h03

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • joão pc
    17 Fev 2017 às 14:14

    Correto , mas o que tem a ver o machismo com isso ? se fosse uma mulher iriam citar o feminismo ?

  • Anônimo
    17 Fev 2017 às 09:15

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet