Olhar Direto

Quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Notícias / Política MT

Medeiros defende Fávaro como plano B para evitar que oposição leve Estado "de bandeja"

Da Redação - Érika Oliveira

13 Mar 2017 - 17:00

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Medeiros defende Fávaro como plano B para evitar que oposição leve Estado
O senador José Medeiros (PSD) voltou a afirmar que o atual vice-governador de Mato Grosso, Carlos Fávaro (PSD) é um dos possíveis candidatos ao Governo do Estado em 2018, em uma eventual disputa contra o governador Pedro Taques (PSDB).

Leia mais:

Para Valtenir, Emanuel venceria até Mendes e foi a candidatura do PMDB que provocou desistência de prefeito

Segundo Medeiros, o partido estuda indicar um nome próprio ao cargo para que não se repita o que ocorreu em Cuiabá nas eleições municipais do ano passado, quando a chapa apoiada pela sigla perdeu a Prefeitura para o PMDB. “Um grupo tem que pensar como grupo, porque se não a gente entrega o Governo do Estado de bandeja como fizemos com a Prefeitura de Cuiabá”, disse em entrevista ao Olhar Direto.

Em 2016, o prefeito Mauro Mendes (PSB) desistiu de tentar a reeleição alegando motivos pessoais, o que obrigou os partidos ligados ao socialista a lançarem de última hora o deputado Wilson Santos (PSDB) como concorrente de Emanuel Pinheiro (PMDB). O peemedebista acabou saindo vitorioso das urnas, sendo eleito para comandar a Prefeitura de Cuiabá com 60,41% dos votos no segundo turno.

Após amargarem a derrota em Cuiabá, o Partido Social Democrático estuda alternativas para manter o atual bloco governista no controle do Palácio Paiaguás.

“Nós estamos discutindo, articulando e estudando a possibilidade de indicar um nome próprio para o Executivo e, a probabilidade é de que essa pessoa seja o Fávaro. Daí você me pergunta, ‘mas vocês vão se voltar contra o Taques?’ Olha, eu penso assim: nós precisamos ter uma carta na manga, um plano B, para não acontecer como na ocasião em que o Mauro [Mendes] desistiu da candidatura e nós lançamos o Wilson e perdemos”, disse o senador.

Vaga no Senado

Medeiros disse ainda que já colocou seu nome à disposição do partido e que pretende tentar a reeleição no próximo ano, quando duas vagas estarão em disputa. Uma delas já estaria reservada para o também senador e ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP), caso o partido se mantenha na base do governo e o atual ministro queira ir à reeleição.

“Eu acredito que o Maggi é um candidato imbatível, por isso eu acho que das duas vagas que estão disponíveis no Senado uma com certeza é dele. Agora, nós precisamos alinhar com os partidos, discutir as possibilidades, eu não posso afirmar que sou candidato pelo PSD, porque isso não depende só de mim. Mas meu nome está à disposição”, afirmou. 

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • tokanguira
    14 Mar 2017 às 08:01

    Nenhum dos três senadores de Mato Grosso assinou a lista que solicitava votação com urgência da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 10/2013, que retira o foro privilegiado de políticos e autoridades brasileiras, inclusive o presidente da República, nas infrações penais comuns. Wellington Fagundes (PR), José Aparecido dos Santos (PR) e José Medeiros (PSD) ignoraram o apelo do colega Antonio Reguffe (sem partido), atrasando a apreciação da proposta. O relator da PEC, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), estima em 22 mil o número de autoridades que possuem algum privilégio de foro hoje no país.

  • Cleber
    14 Mar 2017 às 07:29

    Senador JOSE MEDEIROS, tem feito um ótimo trabalho a favor do estado de mato grosso esse tem meu voto

  • elias
    14 Mar 2017 às 07:25

    Não quer largar o osso.perder a boquinha né..não se esqueça que o Sr.caiu ao de para-quedas.e a tal da ata que até hoje não foi explicado..quero ver no voto..ai sim

  • Thiago
    13 Mar 2017 às 23:19

    Entrou de gaiato, parecia que havia caído como uma luva o cargo, a esperança do perfil político que a população exige nos dias atuais, mas o cenário atual sem reformas estruturantes na política o obriga a ser flexível, o jogo de cintura é necessário nos corredores de Brasília tão tortuosos, onde o cara sem querer se reinventa. Aí o novo, de jeito manso, frases prontas e de efeito, que se apresentava como uma possível esperança da triste leva de políticos locais, se torna só mais um.. só simplesmente mais um de tantos políticos bacanas que temos. Não avalie uma pessoa de cara, dá uma poder político para ela e espera só um pouquinho para ver no que vai dar.

  • Antonio
    13 Mar 2017 às 20:58

    Blairo é um entreguista, não vejo vantagem nenhuma nestes caras da soja, etc. Gera bilhões em vendas de defensivos, maquinas, etc. que na verdade não gera retorno social, muito pouco. temos hoje muitos rios, solos e pessoas contaminados por veneno. Blairo farei campanha contra este verme, ministro dos grandes, enquanto despreza quem coloca comida na mesa de 80% dos brasileiros, o pequeno agricultor. este Medeiros vai perder.

  • joaoderondonopolis
    13 Mar 2017 às 20:57

    O senador Medeiros foi infeliz em sua fala, pois o senador que ele falou que tem vaga garantida, na verdade não tem, e vai ser o único candidato que vai ter dificuldades de ser vitorioso na eleição de 2018, pois terá que conquistar o voto do povo de MT e não vai ser fácil. Vamos ter um candidato muito forte que é o ex-senador Jayme Campos, este sim é bom voto.

  • Juliano
    13 Mar 2017 às 19:57

    Blairo Maggi não voto nem pago.

  • indignado
    13 Mar 2017 às 18:54

    Só digo uma coisa se sair pra disputar o governo vai perder pois msm ele contra taques a terceira opção que deverá ser oposição aos dois vencerá. Não será esquecido o esse vice fez quando assumiu temporariamente o governo.

  • CIDADÃOS INDIGNADOS
    13 Mar 2017 às 18:11

    Engraçado essa fala!!! Parece que o Blairo tem muitos títulos de eleitor, para ele dizer que uma vaga já é dele!!! Vejam aí pessoal como é lotear os cargos políticos a margem da população!!! Esse é o cenário político no Brasil!!!!

Sitevip Internet