Olhar Direto

Sexta-feira, 28 de abril de 2017

Notícias / Picante

Cada uma...

Câmara existe há mais de um século e não há registro quanto ao recebimento de pessoas sem vestimentas

Da Redação

15 Mar 2017 - 08:30

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Cada uma...
O vereador Justino Malheiros (PV) queimou pestana para baixar um decreto em que disciplina as roupas a serem utilizadas para quem deseja adentrar no Palácio Pascoal Moreira Cabral. A Mesa Diretora batizou o decreto de “roupas adequadas” e negou que haja proibição de entrada de mulheres com decotes e saia curta. É certo que o ingresso em prédios públicos exige-se o respeito e, nesse contexto, inclui-se as roupas. Contudo, seria cômico, caso não fosse trágico, ver o Poder Legislativo se preocupar com questão tão tacanha, num momento em que estão cada vez mais escassas as boas ideias para resolver os inúmeros problemas da Capital de Mato Grosso. A Câmara de Cuiabá existe há mais de um século e, ao que consta, pelo menos não se registra, nos anais, o recebimento pessoas nuas ou com pouca roupa, em seu interior.

Mais Picantes

Sitevip Internet