Olhar Direto

Quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Notícias / Cidades

Ministério da Saúde investiga caso de febre amarela em Mato Grosso

Da Redação - André Garcia Santana

31 Mar 2017 - 11:46

Foto: Reprodução

Ministério da Saúde investiga caso de febre amarela em Mato Grosso
Em estado de alerta por conta do maior surto de febre amarela registrada no Brasil nas últimas décadas, Mato Grosso teve os dois primeiros casos da doença notificados no último mês, mas um deles de acordo com o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, já foi descartado, enquanto o outro ainda é investigado. Os dados dos monitoramento são atualizados semanalmente.

Leia mais:
Servidores dos Correios protestam contra insalubridade após morte de colega por "doença do pombo"

De acordo com o Ministério, a ocorrência de casos humanos tem sido compatível com o período sazonal da doença (dezembro a maio), entretanto foram observadas epizootias em primatas não humanos (PNH) em períodos considerados de baixa ocorrência, um indicativo de que as condições para transmissão da febre amarela estão favoráveis e que são necessários esforços adicionais para as ações de vigilância, prevenção e controle da doença.

Além de Mato Grosso, o país registrou casos da doença em regiões turísticas dos estados de Goiás e Mato Grosso do Sul e também em áreas do Pará, Tocantins, Distrito Federal, Minas Gerais e São Paulo. A proximidade com regiões urbanizadas e a elevada densidade populacional nesses locais colocam em alerta os sistemas de vigilância e suscitam a intensificação das ações em toda a Área Com Recomendação de Vacina (ACRV). 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Pensativo
    31 Mar 2017 às 13:26

    Matéria sensacionalista e sem utilidade.....Mato Grosso tem 141 municípios e é maior que o país da Franca....falar aonde foram os dois casos serviria pra população destes locais ficarem em alerta.....ao contrário preferem generalizar pra apavorar e ganhar clics na matéria....parabéns pelo jornalismo inutil

Sitevip Internet