Olhar Direto

Segunda-feira, 29 de maio de 2017

Notícias / Meio Ambiente

Cadela "estuprada" por estudante é encontrada pela polícia e passará por perícia

Da Redação - Lázaro Thor Borges

25 Abr 2017 - 15:00

Foto: PJC/Dema

Os policiais resgataram

Os policiais resgataram "Branquinha" na casa de uma mulher que encontrou na rua e acionou da Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema)

A Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) resgatou a cadela que aparece sendo estuprada em um vídeo gravado pelo estudante Emerson Fernandes Pedroso. O animal, de nome “Branquinha”, foi encontrado no bairro Pedra 90, na manhã desta terça-feira (25) e ainda deve ser passar por perícia.

Leia mais:
Preso, estudante diz que praticou zoofilia com cadela de rua e teve casa invadida após repercussão


Após os procedimentos, “Branquinha” será entregue para uma entidade de proteção aos animais, assim como os outros dois cães resgatados no  último sábado (22).  Emerson alega que somente estes dois últimos são seus cães de estimação, ele contou ao delegado Gianmarco Pacolla na noite da última segunda-feira (24), após se entregar à polícia, que “Branquinha” foi encontrada na rua. Os policiais, no entanto, trabalham com a possibilidade da cadela pertencer à algum morador do Pedra 90, bairro onde Emerson também mora.

O jovem teve o mandado de prisão temporária de 5 dias cumprido no começo da noite de ontem, após se apresentar na Delegacia. Ele responde inquérito policial por maus tratos de animais e associação criminosa, em razão de haver suspeita que ele  seja membro de um grupo de zoófilos - pessoas que têm atração e envolvimento sexual com animais de outras espécies.

O rapaz aparece em imagens mantendo relação sexual com uma cadela. O vídeo circulou na semana passada nas redes sociais e causou revolta na sociedade e em diversas Organizações Não-Governamentais (Ongs) de proteção aos animais.

A cadela estava em poder de uma pessoa que recebeu o animal e entrou em contato com os policiais da Dema, para fazer a entrega. Conforme a Dema, desde a notícia do vídeo, a Polícia Civil realizou diversas diligências pela região de moradia do estudante e fez contato com mais de 50 moradores.

Aos policiais, Emerson contou que "Branquinha" estava há cerca de 4 meses em sua casa, local onde havia mais outros três animais. Ele também disse que desde a divulgação do vídeo passou a receber ameaças e sua casa foi invadida e saqueada por pessoas revoltadas com a repercussão do caso. 

34 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Eduardo
    30 Abr 2017 às 00:23

    Pessoas que praticam este ato grotesco, incluindo muitos atores e atrizes pornos, merecem punição severa. Uma pessoa assim não pode e nem merece viver em sociedade. São monstros que devem set trancados e esquecidos no fundo de uma cela.

  • Leide Barbosa
    28 Abr 2017 às 14:23

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • elias
    26 Abr 2017 às 17:55

    Cuidado estudante.tem um pitbul de olho no sr.fica esperto

  • Sthefanie
    26 Abr 2017 às 16:34

    Resposta para Joana alburquerque e Codinome beija-flor, se vocês acham que tem algo mais importante que o fato que aconteceu com a cadelinha, pq perderam seu tempo vendo o anúncio,ja que não importa para vcs, então não de opinião ridícula,se faz com um animal imagina com uma criança,agora ja que nao se importam pega esse estudante nojento e leva para casa e cuida,pois ele precisa de tratamento mental e vcs pelo geito tambem.

  • Codinome beija-flor
    26 Abr 2017 às 12:52

    Concordo com a Joana, tanta coisa mais importante a ser veiculada e vem este sítio falar de estupro de uma cadela. Sensacionalismo barato!

  • Resposta p/ joana alburquerque
    26 Abr 2017 às 10:32

    joana alburquerque Ridícula e insensível, o entendimento é o seguinte: Se esse verme estuprou uma cadela, o que é que ele pode fazer com um humano então??!!!! Se não se preocupa com os animais, se preocupa só com gente então leve ele pra casa, neste momento ele inspira cuidados!! boa sorte e qdo o seu .... virar flor não reclame, continue defendendo gente dessa especie, eu profiro me preocupar com a pobre cadela!

  • Elizangela teixeira
    26 Abr 2017 às 10:21

    E simples pega este fdp e joga no presidio e manda ele estuprar os presos que estao la dentro vamos ver se ele e macho.

  • André Guilherme Portocarrero
    26 Abr 2017 às 10:11

    Vivemos um estado de loucura social tão exacerbado que insanidades são praticadas para corrigir INSANIDADES. Neste caso existe um vídeo divulgado em redes sociais pelo autor da abominação, suficiente para esclarecer tudo. E agora vão “periciar” a “vitima”? Isto vai resultar em que? Quem vai fazer o trabalho: veterinário ou médico? Os maus tratos já estão mais que evidenciados! O rapaz está preso e será processado. A lei não tipifica este tipo de “conjunção carnal” como crime. Em que pese o respeito pelos animais, enquanto isso vitimas HUMANAS de crimes vão ter que aguardar por trabalho técnico da policia e se gastará dinheiro público com uma coisa inútil. Vamos esperar para ver qual será o próximo absurdo a ser noticiado

  • Cuiabano
    26 Abr 2017 às 09:39

    Tem coisas mais importantes pra polícia se preocupar.

  • Ivone
    26 Abr 2017 às 09:31

    Se fosse EU mandava arrancar o tico dele fora

Sitevip Internet