Olhar Direto

Terça-feira, 24 de outubro de 2017

Notícias / Picante

Fragilidade da delação

Inconsistências começam a aparecer na delação de Silval

Da Redação

03 Set 2017 - 09:44

Foto: Ilustração

Fragilidade da delação
Após o estardalhaço – compreensível e justificável – que a delação de Silval Barbosa provocou no país e principalmente em Mato Grosso, algumas “incoerências” começam a aparecer. Uma delas envolve o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e Eumar Novacki. Narra Silval que em 2013 foi procurado por Novacki, supostamente a mando de Maggi, para que contratasse o mesmo advogado do hoje ministro para “alinhar” as teses de defesa nas ações provenientes da Operação Ararath. “Que Eumar Novacki sugeriu ao declarante a contratação de Sebastião Monteiro para que a defesa fosse uniforme, evitando eventual contradição; Que o Declarante concordou e Eumar Novacki pediu a Sebastião Monteiro que entrasse no gabinete”, diz trecho do acordo. A história faz todo o sentido, mas não se sustenta por apenas um detalhe: Silval já havia contratado Monteiro para lhe defender no ano anterior. 

Mais Picantes

Sitevip Internet