Olhar Direto

Segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Notícias / Cidades

Dono de banca no Shopping Popular é preso por vender e anunciar notebook roubado na OLX

Da Redação - Wesley Santiago

11 Set 2017 - 12:05

Foto: Reprodução

Dono de banca no Shopping Popular é preso por vender e anunciar notebook roubado na OLX
O dono de uma banca no Shopping Popular de Cuiabá, conhecido como ‘Tom’, foi preso na manhã desta segunda-feira (11), acusado de vender e anunciar um notebook roubado na OLX. Um policial militar foi a paisana até o local, após receber a informação da própria dona do eletrônico. Lá, através do número de série, constatou que o objeto era produto de roubo. O homem foi encaminhado ao Cisc Planalto para prestar esclarecimentos.

Leia mais:
Jovem é preso em ação da Polícia Civil com motocicleta furtada anunciada na OLX
 
Segundo a polícia, um militar recebeu a informação da própria dona do notebook de que o eletrônico estaria sendo vendido pelo homem. Ele então seguiu à paisana até o Shopping Popular e, através do número de série, constatou que era o mesmo que havia sido roubado da casa da vítima, junto com outros objetos.
 
O militar então acionou os policiais do 1º Batalhão, que deram voz de prisão ao homem. ‘Tom’, como é conhecido, já teria diversas passagens pelos mesmos crimes. Ainda não foi confirmado se os outros produtos da banca também seriam roubados. O acusado também havia anunciado o notebook no site da OLX.
 
Tom teria mais de 15 passagens pela polícia. O caso passa a ser investigado pela Polícia Judiciária Civil (PJC). Um dos policiais, que não quis se identificar, explicou à reportagem que é comum encontrar produtos roubados sendo vendidos no Shopping Popular, mas que existem as bancas que já são ‘conhecidas’ por isso: “O restante é de povo trabalhador”.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Itamar Will
    13 Set 2017 às 01:37

    Não vejo nada que comprometa o Shopping, e sim, deve se prender mesmo aqueles que trabalham desonestamente, e isso tem nos Shoppings renomados, nas lojas de centro, bairros e enfim. Mas, ali tem muita trabalhador honesto que defende dignamente o pão da família. Eu compro lá, e vou continuar a comprar. Uma ou duas laranjas podres não significa que todo balaio está comprometido.

  • Filipe
    12 Set 2017 às 15:15

    Pessoal focado em criticar o shopping, quando deveríamos rever sites como o OLX que é paraíso para compra e venda de bens furtados. Quando me assaltaram, no mesmo dia encontrei meu Notebook sendo anunciado no OLX. Prática corriqueira, sites de compra e venda que não pedem o mínimo de identificação do usuário e nem se quer apuram que há denúncias.

  • Jose
    12 Set 2017 às 08:50

    Lá tem um estatuto onde diz, que esse tipo de acontecimento faz com que o proprietário perca o ponto, só que tem muita gente como diz o policial que tem proteção dos íntegrantes que administram o shopping. Sendo assim, os honestos pagam o preço que não é barato.

  • Ilda Romão
    11 Set 2017 às 21:05

    Aonde está o administrador desse Shopping Popular. Aquele local deveriam pedir antecedentes criminais para lixar banca ali Tá difícil saber quem é honesto

  • Luciano
    11 Set 2017 às 14:01

    Já q não fecham lá informa então que é honesto e desonesto lá

Sitevip Internet