Olhar Direto

Segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Notícias / Esportes

Luverdense é rebaixado para Série C e Mato Grosso fica sem representante na Segundona do Brasileirão

Da Redação - Ronaldo Pacheco e Wesley Santiago

17 Nov 2017 - 20:54

Foto: Reprodução Globo Esporte

Luverdense é rebaixado para Série C e Mato Grosso fica sem representante na Segundona do Brasileirão

 
 
Principal clube de Mato Grosso no futebol brasileiro, neste século, o Luverdense Esporte Clube (LEC) amargou o seu primeiro rebaixamento, na noite desta sexta-feira(17), após empatar em 0 a 0 com o Guarani, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP). O Verdão do Norte estacionou nos 44 pontos e agora faz companhia aos já rebaixados ABC, Náutico e Santa Cruz.
 
Para continuar na Segundona do Brasileirão, o Luverdense necessitava de duas vitórias consecutivas: uma contra o Guarani, nesta sexta, e outra no próximo sábado (25), frente ao já rebaixado Naútico, de Pernambuco.

Leia Mais
 - Luverdense perde para o Internacional com gol polêmico nos acréscimos do segundo tempo; veja o lance

 - Luverdense segura vantagem, 'cala' Mangueirão e é campeão da Copa Verde; veja os gols

O Luverdense até dominou a partida, com mais de 60% de posse de bola, criando algumas oportunidades, mas padeceu de um mal que perseguiu a equipe durante toda a competição: a falta de efetividade nas conclusões. A ausência de um ‘matador’, sentida em todo o campeonato, se mostrou fatal no duelo decisivo com o Bugre, em Campinas, assim como na partida anterior, quando perdeu para o Boa Esporte (MG), no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde.
 
No final do jogo, com os nervos à flor da pele, dois jogadores do LEC foram expulsos pelo árbitro Jaílson Macedo Freitas: Erik e Marcos Aurélio. Totalmente descontrolado, Erik deu uma cabeçada no  
 
“Foi mais um jogo decisivo para entrar para a história do Luverdense. Temos uma equipe muito boa, mas faltou o gol”, resumiu o técnico Júnior Rocha. Foram quatro anos na Segundona e, lamentavelmente, o Luverdense estará ao lado do Cuiabá Esporte Clube, em 2018, no Campeonato da Terceira Divisão.
 
Há semanas, por conta da campanha, o presidente do LEC, Helmuth Lawshi, evitava falar com a imprensa sobre a possibilidade de rebaixamento, chegando a pedir que até mesmo os torcedores do Internacional (RS) que moravam em Mato Grosso torcessem pelo clube regional. O jogo terminou empatado em 2 a 2.
 
O empate do Guarani com o Luverdense também favoreceu o Figueirense e o Goiás, com 44 pontos; o CRB e o Paysandu, com 45; e até mesmo o Boa Esporte, com 46. Com isso, todos têm a permanência assegurada na Série B, em 2018.
 
 Ficha Técnica:

Guarani -  Leandro Santos; Lenon, Diego Jussani, Willian Rocha e Salomão; Baraka, Betinho, Bruno Nazário, Fumagalli (Luiz Fernando) e Richarlyson (Paulinho); Bruno Mendes (Ewerton Páscoa).
 Técnico: Lisca  (Luiz Carlos Cirne Lima de Lorenzi)
             
Luverdense -  Diogo Silva; Aderlan, Pablo, William e Paulinho; Marcos Aurélio, Douglas Baggio (Léo Cereja) e Guli (Ricardo); Rafael Ratão (Erik), Rafael Silva e Sérgio Mota.
Técnico: Júnior Rocha

Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Estádio:  Brinco de Ouro da Princesa (Campinas)
Renda e Público: Não divulgado.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Cesar
    20 Nov 2017 às 14:43

    Esse ano foi até de certa forma não foi tão ruim para os times de MT , foi a primeira vez que todos foram para a 2 fase da Copa do Brasil , Luverdense campeão da Copa Verde, ou seja foi um primeiro semestre muito BOM , quando começou o brasileiro eu não vi na verdade nenhuma das nossas equipes com chances reais de acesso. Sinop tinha apenas um time organizado , mas com muitas limitações técnicas , não venceu nenhuma partida. Cuiabá um dos times mais caros e com uma boa estrutura , mas não correspondia em campo , o que fez o Cuiabá não se classificar foi não tem um bom definidor de área. Luverdense esse na verdade errou no início do campeonato e permaneceu errando em NAO REFORÇAR o time para a série B , time organizado em campo , mas com uma marcação ruim e sem ninguém na frente que sabia fazer gols. Alfredo fez um campeonato fraquissimo. Rafael Silva esse foi simplesmente HORRÍVEL. RAFAEL RATÃO Jogou até razoavelmente dentro das características. Os outros não tem como avaliar muito irregular. Presidente teimoso e diretor muito fraco. Resultado queda para a série C.

  • Paulo, Sinop
    18 Nov 2017 às 18:52

    Até que ficou muito tempo na serie B e pior é que vai ter que jogar só com time sem atrativo como o chatíssimo Cuiabá que nem os cuiabanos suportam

  • Zeca
    18 Nov 2017 às 15:24

    Time ruim queria oque. Barbaridade tchê.

Sitevip Internet