Olhar Direto

Domingo, 18 de novembro de 2018

Notícias / Picante

​Três cabeças

A partir de janeiro, MT terá bancada plural no Senado

Da Redação

06 Nov 2018 - 06:15

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

​Três cabeças
As eleições de outubro mudaram a cara da bancada de Mato Grosso no Senado. Blairo Maggi (PP) e José Medeiros (Pode) não concorreram à reeleição por motivos diversos e abriram as vagas que serão preenchidas por Selma Arruda (PSL) e Jayme Campos (DEM). Os novos nomes dão uma pluralidade de pensamentos na bancada. Selma e Jayme divergem frontalmente, por exemplo, quando o assunto é a taxação do agronegócio. O pecuarista cobra contribuição dos “barões” e a juíza aposentada diz que o Brasil já tem muito imposto. A história dos dois que os conduziu ao Senado também é completamente diferente. Jayme tem longa carreira na vida pública, já tendo passado por quase todos os cargos eletivos possíveis. Selma, iniciante na política, é juíza aposentada eleita na esteira da renovação personificada por Jair Bolsonaro e se posiciona contra “a velha política”. O terceiro elemento dessa bancada é Wellington Fagundes (PR), que inicia em janeiro a segunda metade do seu mandato conquistado em 2014. Experiente no Congresso e com forte atuação municipalista, tem mais quatro anos para preparar dar musculatura a uma nova candidatura ao Governo do Estado ou pavimentar sua reeleição para 2022.

Mais Picantes

Sitevip Internet