Olhar Direto

Domingo, 08 de dezembro de 2019

Opinião

Trabalho hercúleo!

Autor: Licio Antonio Malheiros

24 Set 2019 - 08:00

O parlamento estadual de Mato Grosso, Assembleia Legislativa, em sua 19ª legislatura, teve 58,4% de renovação, apenas 10 dos 24 deputados estaduais retornaram; entre eles, um é considerado emergente. Em 2014, alcançou a suplência, obtendo 14.621 votos; em 2018, obteve uma votação expressiva, 21.347 votos, representando (1,41% dos votos válidos), se tornando o décimo segundo mais votado.

Reporto-me, ao atuante deputado estadual Elizeu Nascimento (DC), mesmo sendo eleito, nem por isso, deixou o mandato eletivo subir à sua cabeça, se mantendo, morador no bairro que  o  projetou à vida pública, Altos da Serra. Através de trabalho hercúleo, de sua assessoria, em consonância com o departamento jurídico, implementaram  apresentações de proposições em tramitações num total, de 1.541.   

Obviamente, entre suas proposições estão inclusas, além de uma série de projetos exequíveis; o reconhecimento e gratidão, aos servidores públicos, tanto militares como civis, através de entrega de Moções de Aplauso e Moções de Louvor.

Elizeu Nascimento, por ser o presidente da Comissão da Segurança Pública da Assembleia Legislativa, não poderia deixar de homenagear com honrarias por trabalhos prestados, aos valorosos policiais militares, assim como, os demais movimentos sociais organizados.

As entregas, de moções de aplauso e de louvor, principalmente as entregues no interior, acabaram na verdade, causando descontentamentos e ciumeiras, por parte de alguns, por estarem,  insatisfeitos com tamanha projeção do mesmo.

Eles externaram seus descontentamentos, através de críticas pontuais e dirigidas a ele, no que tange a entrega de moções, tanto de aplauso como de louvor.

Eu tenho acompanhado a atuação dos deputados estaduais, e um, vem se destacando, Elizeu Nascimento (DC), que ao assumir o cargo eletivo, acabou quebrando paradigmas, ao se manter no bairro que o adotou, assim como, tem feito com  veemência, entregas de moções, visando parabenizar com essas honrarias,  os valorosos servidores públicos.

Recentemente, fui assistir a entrega de moções a convite de um amigo,  ocorrida no município de Cáceres, mais precisamente na Câmara Municipal, momento em que, ele fazia entrega de moções de louvor, a policiais militares, policiais civis, policiais ambientais, além de agentes prisionais.

Entre tantas falas, uma a meu ver suscitou fortes emoções no ato de entrega das moções de louvor, no referido município. Deparei-me, com uma cena no mínimo inusitada, pela forma exacerbada em sua demonstração de agradecimento, feito por alguém, em final de carreia, preste a se aposentar, tendo prestado, trabalho hercúleo à frente da Polícia Civil, no cargo de delegado.

Reporto-me, ao delegado regional de Cáceres Alex Souza Cuyabano, ao fazer uso da palavra, no ato do recebimento de moção de louvor, não mediu esforços, no sentido de elogiar veementemente o referido deputado, ao agradecer-lhe de forma emocionada, chegando às lágrimas pela honraria recebida, pelas mãos de um parlamentar, que se preocupa com os cidadãos de bem do nosso Estado.

Sua fala foi eloquente, ao agradecer ao deputado estadual pela honraria recebida; fez questão de dizer, "em toda minha vida pública à frente de uma instituição importantíssima, ocupando o cargo de delegado regional de Cáceres; nunca havia recebido nenhuma honraria se quer, por parte do poder público, pelos trabalhos prestados à sociedade".

Professor Licio Antonio Malheiros é geógrafo
Sitevip Internet