Olhar Direto

Terça-feira, 27 de outubro de 2020

Opinião

Presente de grego

Autor: Licio Antonio Malheiros

21 Dez 2019 - 08:00

O Natal se avizinha, com sua chegada, as emoções e sentimentos  afloram de forma exacerbada nos corações das pessoas. Momento em que, desponta em todos, os sentimentos mais profundos de: amor, carinho, compreensão; nessa euforia, uma das formas mais usuais de demonstrar carinho e afeto pelo próximo, acontece, com  oferecimento de  um presente, que pode ser o mais sofisticado possível,  até o mais simples, porém compreende ato de amor.  

Na contramão da história, o Governo do Estado de Mato Grosso, através do Senhor Governador Mauro Mendes (DEM), literalmente, ofertou a população cuiabana e matogrossonse, presente de grego.    

No apagar das luzes do ano  2019, o mesmo, envia para Assembleia Legislativa (AL/MT), projeto de lei n°1215/2019, que dispõe sobre a criação, readequação, reajuste e a exclusão de taxas cobradas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MT).

Para surpresa de todos, nunca se viu tamanha celeridade, quanto à votação de um projeto de lei,  enviado para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Pasmem os senhores, após convocação pela presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL/MT), após as 16 h da última quarta-feira (18), quando os parlamentares já haviam sido dispensados e retornaram ao plenário, para que fosse votado o projeto de lei n°1215/2019, que reajusta as taxas de serviços prestados pelo Departamento de Trânsito (Detran-MT).

O placar é de conhecimento de todos, porém vamos nominar apenas os que votaram contra esse projeto absurdo e vergonhoso, para que não paire dúvidas, de quem votou a favor da população, na tentativa de impedir esse presente de grego.

Dos 24 deputados estaduais, apenas 7 votaram contra a aprovação dessa aberração, vamos nominá-los, para que a população tome ciência de quem votou a favor do povo.

São eles: Elizeu Nascimento (DC), Faissal Kalil (PV), Ulysses Moraes (DC), Wilson Santos (PSDB), Valdir Barranco (PT), Delegado Claudiny (PSL), Lúdio Cabral (PT), votaram contra o projeto.

Entre os 7 parlamentares que votaram contrários a esse projeto esdruxulo; um deles vem se destacando, reporto-me ao deputado estadual Elizeu Nascimento (DC),  por apresentar, perfil forte e  determinado a apoiar as ações que vão de encontro à população mais carente, os expropriados do capital.

Oriundo do movimento comunitário,  defensor contumaz do bairro em que mora, Altos da Serra, o mesmo, o defende com unhas e dentes. Em função da sua visibilidade e grande aceitação por parte da população dos bairros periféricos. A União Cuiabana das Associações de Moradores de Bairros (Ucamb), entidade que reúne 220 associações comunitárias, no último dia 15 de dezembro o lança, como pré-candidato ao Senado Federal.

Apoiado também, pela gloriosa Polícia Militar, Polícia Civil, e de todo seguimento da segurança pública, além de outras entidades de classe no Estado.  



Professor Licio Antonio Malheiros é geógrafo

 
Sitevip Internet